Cid Moreira: Filhos dizem que jornalista está em cárcere privado e pedem prisão de madrasta, diz site

Cid Moreira está com 93 anos de idade e enfrenta disputa na Justiça

BRIGA NA JUSTIçA
Cid Moreira: Filhos dizem que jornalista está em cárcere privado e pedem prisão de madrasta, diz site

Cid Moreira - Foto: Reprodução

Aos 93 anos de idade, o jornalista Cid Moreira está enfrentando uma dor de cabeça na Justiça. É que dois filhos do ex-apresentador do Jornal Nacional entraram com uma ação na Vara da Família de Petrópolis, no Rio de Janeiro, pedindo a interdição do pai. 

A ação é movida pelos filhos Roger e Rodrigo Moreira. Recentemente, Roger, que é filho adotivo de Cid, disse em entrevista que o jornalista havia retirado seu nome do testamento. Cid também declarou que foi um "erro adotar Roger". 

Reportagem do UOL teve acesso ao documento protocolado na terça-feira (20). Na ação, os filhos de Cid dizem que o jornalista está com sintomas de demência e que a mulher do jornalista, Fátima Sampaio, de 53 anos de idade, limita a liberdade do idoso. 

Os filhos de Cid também pedem a prisão de Fátima. "A única coisa que posso falar agora é que a verdade vai aparecer em breve. Ele é uma vítima. Se não fossemos impedidos, nós filhos estaríamos convivendo com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela [Fátima] não deixa", disse Roger ao UOL. 

Cárcere Privado

Na ação, os filhos afirmam que Cid Moreira está sob "cárcere privado" e que Fátima se casou com Cid por interesses financeiros. "Têm-se notícias que a mesma agride o idoso, deixa sem medicação, comida vencida ou estragada por 15 dias em pleno cárcere privado, e o pior, sem a sua presença ela some para fazer compras e se enturmar com os amigos", diz trecho do documento, segundo o UOL. 

"Os filhos estão preocupados com o pai. Cid Moreira está passando por um momento muito difícil. Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado. Estão tirando todo o patrimônio e eu vou buscar o Ministério Público, a justiça, a polícia, o Juizado da Família e principalmente a Delegacia do Idoso para que supram essa situação difícil", contou ao UOL, o advogado que representa Roger e Rodrigo, Ângelo Carbone. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.