pandemia

Motivo familiar e preocupação social: Por que Lucão, jogador de vôlei do Brasil, usa máscara durante jogos das Olimpíadas?

O uso da máscara contra a covid-19 não é obrigatório durante as partidas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas Lucão faz questão de utilizar

Publicado em 25/07/2021 às 19:27
Gaspar Nóbrega/COB
FOTO: Gaspar Nóbrega/COB
Leitura:

>>> AO VIVO: Acompanhe o jogo do Brasil contra Rússia no vôlei masculino aqui.

Quando o jogador Lucão, da Seleção Brasileira de vôlei de quadra, entrou na partida contra a Tunísia chamou a atenção nas redes sociais por algo além da qualidade dele na vitória do Brasil pelos Jogos Olímpicos de Tóquio, por 3 x 0. O atleta, que foi titular na partida, usou uma máscara de proteção contra a covid-19 durante o jogo. Em tempos de pandemia, o utensílio é uma recomendação dos órgãos de saúde, uso não é obrigatório na quadra. Mas por que ele decidiu utilizar?

>>> AO VIVO: Acompanhe partida do vôlei entre Brasil e Rússia.

Lucão foi titular na estreia do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio contra a Tunísia.
Lucão foi titular na estreia do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio contra a Tunísia.
Gaspar Nóbrega/COB

Em entrevista ao canal de televisão por assinatura, Sportv, o jogador deu a reposta ainda em novembro do ano passado, durante disputa da Superliga com o Taubaté. Ele revelou que decidiu usar a máscara dentro e fora de quadra devido ao risco contrair e transmitir a covid-19, principalmente com medo de que o filho Théo, de quatro anos, pudesse ser contaminado.

> Agenda dos Jogos Olímpicos: horários e programação completa do Brasil desta segunda-feira (26/7)

"Eu tomei essa opção de usar a máscara desde que os treinamentos voltaram com um grupo maior. Primeiro porque a gente não tem controle sobre o vírus, mesmo fazendo testagem a cada 14 dias. Mas existe esse lapso no meio, e a pessoa pode ser infectada ou não. Eu sei do jeito que estou me cuidando, mas sei que posso pegar. São muitas pessoas para ficarmos de olho, sem saber o que estão fazendo no dia a dia. Foi um jeito que eu achei de minimizar a chance de contrair a doença para não ter que parar", afirmou à época.

 

Dificuldade para respirar

O central, uma das posições dos jogadores de vôlei, admitiu que a máscara atrapalha a respiração e, em alguns momentos, precisa tirá-la rapidamente para tomar ar e recuperar o fôlego. Apesar disso, Lucão reforçou que não tem problemas com a medida de proteção contra a covid-19 e fica com a máscara no rosto a maior parte do tempo.

> João Campos defende Bárbara, da seleção brasileira nas Olimpíadas, após ser chamada de 'porca de suéter'

"A máscara incomoda um pouco, principalmente na parte de cárdio, que exige um pouco mais, na hora de um rali. Mas a sorte é que, no nosso esporte, é mais de explosão, os ralis são mais curtos, às vezes é só uma ação que você faz", explicou o atleta.

Mais Lidas