justiça

Filhas de Gugu Liberato acusam tia de manipulação e mentiras, diz colunista


O apresentador Gugu Liberato faleceu em 2019

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 25/08/2021 às 16:42
Reprodução/Rede Record
FOTO: Reprodução/Rede Record
Leitura:

As gêmeas do apresentador Gugu Liberato acusam a tia, Aparecida Liberato, de manipulação e mentiras sobre o relacionamento da mãe delas com o apresentador. De acordo com o colunista Léo Dias, do Metrópoles, as filhas nunca concordaram com a insistência da parente em dizer que não havia união estável entre Rose Miriam Di Matteo com o pai, que faleceu em 2019 aos 60 anos.

> Advogada explica os direitos na união estável

''Minha tia e os advogados dizem que minha mãe não tinha união estável com meu pai, mas eles tinham sim, nós éramos uma família e só quem sabe a verdade somos nós, eu não sei porque eles não reconhecem minha mãe como companheira do meu pai, porque eu reconheço'', afirmou Sofia em depoimento.

Ainda de acordo com Léo Dias, as meninas perceberam que o advogado contratado pela tia não passava informações sobre o processo. Com isso, elas resolveram pedir a emancipação e contrataram um advogado para o processo da união de Rose Miriam Di Matteo e Gugu Liberato.

> Em vídeo, Celso Portiolli se emociona muito ao falar da morte de Gugu

“Antes eles queriam conversar comigo, mas quando eu discordei deles, não quiseram mais. Eles falaram que nunca vão aceitar que minha mãe era a companheira do meu pai e que era para gente não se meter em nada”, disse Marina.

Processo

Nos documentos do processo, segundo Léo Dias, as gêmeas afirmam que a tia está influenciando e manipulado o estado de vulnerabilidade no qual um dos herdeiros de Gugu Liberato se encontra.


Mais Lidas