Dia de Santa Mônica: Mãe de Santo Agostinho, conheça a história e a oração da padroeira das mães cristãs

Religiosos comemoram, nesta sexta-feira (27), o Dia de Santa Mônica

Com informações da Cruz Terra Santa
Com informações da Cruz Terra Santa
Publicado em 27/08/2021 às 7:12
Reprodução/ Internet
FOTO: Reprodução/ Internet
Leitura:

A comunidade católica celebra, nesta sexta-feira (27), o Dia de Santa Mônica. Considerada a padroeira das mães cristãs, a religiosa era mãe de Santo Agostinho.

História

Filha de família abastada, Mônica nasceu no ano de 332, na cidade de Tegaste, na Argélia, que fica no norte da África. Segundo a história, desde criança ela era muito religiosa e disciplinada. Sempre que podia, Mônica ajudava os mais pobres e demonstrava muita paciência e mansidão.

Mônica casou-se com um nobre chamado Patrício, que era homem rude e violento. Por isso, foi motivo de muito sofrimento e orações de Santa Mônica.

Além do Santo Agostinho, Mônica teve mais dois filhos: Navigio e Perpétua, que se tornou religiosa. Agostinho era o mais velho e lhe causou muitas tristezas. A dificuldade com Agostinho chegou a tal ponto que, para ensiná-lo que nossas ações neste mundo tem consequências, Mônica o proibiu de entrar em casa.

Mônica rezou por mais de trinta anos pela conversão de Agostinho. Quando escreveu sobre sua mãe, entre outras coisas, ele disse: "ela foi o meu alicerce espiritual, que me conduziu em direção da fé verdadeira. Minha mãe foi a intermediária entre mim e Deus."

Sabedoria e mensagem

Santa Mônica deixou para todas as mães o ensinamento de que além de educar os filhos para viverem em sociedade, é preciso também educa-los para Deus, desenvolvendo neles a vida espiritual. Santa Mônica ensina que mães e pais devem se preocupar com a salvação e santificação de seus filhos.

Falecimento e canonização

Santa Mônica faleceu no ano 387, aos 56 anos. O corpo de Santa Mônica foi descoberto em 1430. O Papa Martinho V transportou-o para Roma e depositou-o na igreja de Santo Agostinho.

Ela foi canonizada pelo Papa Alexandre lll, por ter sido a responsável pela conversão de Santo Agostinho, ensinado a fé cristã, a moral e a mansidão. Foi declarada Padroeira das Associações das Mães Cristãs.

Oração

Nobilíssima Santa Mônica, rogai por todas as mães, principalmente por aquelas mães que se esquecem que ser mãe é sacrificar-se.

Rogai, virtuosa Santa Mônica, para que abram-se as almas de todas as mães, para que elas enxerguem a beleza da vocação materna, a beleza do sacrifício materno.

Rogai, Santa Mônica, para que todas as mães saibam abraçar com Fé o sofrimento e a dor, assumam seus filhos com coragem, como instrumento de santificação para as famílias, e para sua própria santificação. Amém.

Mais Lidas