medo

Assalto em Araçatuba: escudo humano, morte de reféns e polícia detalha como está investigação do caso de terror

Os moradores de Araçatuba, no interior de São Paulo, viveram momentos de terror na madrugada do domingo (29) para a segunda (30)

Publicado em 30/08/2021 às 14:25
Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

As imagens dos ataques feitos por uma quadrilha de assaltantes em várias agências bancarias, no final da noite de domingo (29) e começo da madrugada da segunda-feira (30), na região central de Araçatuba, no Interior de São Paulo, assustam os internautas por causa da brutalidade dos bandidos durante o momento de terror. De acordo com o SBT News, foi a 33ª cidade paulista atacada por esse tipo de quadrilha desde o ano de 2018. Ao todo, quatro agências bancárias foram atacadas e lojas foram destruídas pelos criminosos. Veja abaixo as imagens:

Escudo humano

Vários vídeos foram publicados nas redes sociais por moradores da região, que mostram os momentos em que a quadrilha utilizou de reféns para se protegerem, como um escudo humano, amarrados nos tetos de veículos, e deixaram Araçatuba sob ataque. Nas imagens, é possível ver que os criminosos estavam fortemente armados e usaram diversos veículos e mostram reféns sentados no meio da rua, andando a pé.

 

Morte de reféns

De acordo com a Polícia Civil, pelo menos três reféns morreram com o assalto em Araçatuba, além de várias pessoas feridas. Dois deles morreram baleados, sendo um personal trainer e um comerciante. A outra vítima fatal é um dos integrantes da quadrilha, que morreu em uma troca de tiros, segundo a polícia. Como medida de proteção, a Polícia Militar orientou que os moradores devem permanecer em casa, até que a situação esteja controlada, pois há explosivos espalhados e podem ser acionados por calor ou movimento.

 

Investigações

Em entrevista ao Primeiro Impacto, no SBT, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB) informou que a polícia está em busca dos suspeitos e que até o momento ainda não há informações dos feridos. Ele também disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) também foi comunicado da ocorrência. As forças de segurança já conseguiram deter dois suspeitos de participar do assalto em Araçatuba.

As Unidades territoriais da Polícia Militar de Araçatuba, com o apoio de equipes de Bauru, São José do Rio Preto e Presidente Prudente, além do Águia e da Polícia Civil, participam das buscas, e uma equipe do Grupo de Ações Tática Especiais (Gate). O caso já é investigado pela Departamento Estadual de Investigações Criminais de Araçatuba, com o apoio da 5ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos.

 

Mais Lidas