investigação

O que se sabe até agora sobre a morte de comerciante em festa de luxo em Rio Formoso?

A vítima, de 26 anos, morreu depois que foi atingido por um tiro na cabeça

Reprodução/Redes sociais
FOTO: Reprodução/Redes sociais
Leitura:

O caso do comerciante Danilo David de Souza Silva, que foi morto após levar um tiro na cabeça, em uma festa particular em Rio Formoso, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, segue em investigação. A Polícia Civil avalia a hipótese de homicídio doloso. Ou seja, quando há intenção de matar. O jovem, de 26 anos, foi sepultado na terça-feira (07).

Sob aplausos de parentes e amigos. Em contato com a TV Jornal, os organizadores da festa e o local onde o evento aconteceu se pronunciaram sobre a morte de rapaz.

> Tiroteio termina com adolescente morta na frente de casa na Zona Sul do Recife

''São ficam as lembranças agora. Se Deus quiser, vou realizar todos os meus sonhos. Ele queria me ver jogador de futebol profissional'', contou Diego David, irmão da vítima. Os familiares confiam que o responsável pelo crime será preso. ''Acredito na justiça divina, de Deus, e depois no trabalho da polícia. Tenho certeza que vão chegar aos culpados'', afirmou Raimundo Barreto, tio do comerciante.

O que diz a organização da festa?

O Hotel Carneiros informou que o espaço foi locado para um evento e que não tem ligação direta com a organização da festa. Já os organizadores do 'Deixa Arder Experience' lamentaram o ocorrido e esclareceram que o crime aconteceu fora da estrutura do evento. Eles também disseram que estão à disposição da polícia para prestar esclarecimentos. Confira a nota na íntegra abaixo:

> Sargento reformado da PM e sobrinho são mortos a tiros enquanto trabalhavam em Olinda

A Deixa Arder Experience, em todos os eventos que realizou, sempre buscou zelar pela segurança e saúde de seus colaboradores e clientes. Para isso, há o envolvimento de várias empresas terceirizadas prestadoras de serviço (segurança, serviço médico, bombeiro civil, estrutura de palco, etc). Com relação ao fato ocorrido na noite deste último domingo (05/09), informamos que aconteceu fora da estrutura da festa. Além disso, a organização do Deixa Arder Experience reforça que se colocou e permanece à disposição das autoridades policiais, com o objetivo de auxiliar ao máximo nas investigações. Lamentamos a ocorrência do fato e prestamos nossa solidariedade à família envolvida.

Relembre o caso

O jovem Danillo David morreu após ser atingido por um tiro na cabeça. Ele estava em uma festa particular. De acordo com os parentes dele, um segurança do evento teria efetuado o disparo. Os amigos da vítima acreditam que ele foi morto após um desentendimento com a organização da festa. O jovem queria acessar a área VIP, mas foi impedido. Em seguida, a direção da festa teria mandado os seguranças expulsá-lo do evento.

> Vídeo: Comerciante é assassinado com 13 tiros em frente à oficina que trabalhava em Carpina

''Após Danilo ser retirado da festa, foi proibido todo mundo (até quem estava com ele) de sair do local. Eles fecharam a porta e informaram que existia um desentendimento. Depois, Danilo apareceu moto no hospital. A gente quer saber esse mistério. O que aconteceu e quem matou?'', questionou um amigo da vítima.

(Inicialmente, a matéria afirmava que o caso teria ocorrido na Praia de Carneiros, no Litoral Sul de Pernambuco. No entanto, o fato ocorreu na cidade de Rio Formoso. A reportagem também indicava que o caso está sendo tratado como homicídio culposo. Na verdade, a Polícia Civil trabalha com a hipótese de homicídio doloso.*)

Mais Lidas