Pandemia

Vídeo: Polícia encerra show da cantora de forró Taty Girl em Santa Cruz do Capibaribe

A Polícia Militar subiu ao palco e encerrou a apresentação da cantora Taty Girl. Em vídeo, policial explica que motivo foi ultrapassagem de horário para eventos-teste

Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 11/09/2021 às 9:38
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A Polícia Militar encerrou o show da cantora de forró Taty Girl, na noite dessa sexta-feira (10), em uma casa de eventos localizada no município de Santa Cruz do Capibaribe, na região Agreste de Pernambuco. Em um dos vídeos, é possível ouvir que o policial diz que, por se tratar de um evento-teste, o decreto só permite som até as 23h.

"Pelo decreto, existe uma determinação que, nos shows-teste, o som só é permitido até as 23h. Vai até a meia-noite, mas o som vai ser encerrado agora", afirmou um PM, após pegar o microfone da cantora, no palco.

>> Eventos e shows com até 1.200 pessoas estão liberados em Pernambuco; veja regras

Em sua rede social, a cantora agradeceu aos fãs e falou sobre o respeito aos horários dos eventos-teste. "Obrigada pelo carinho, Santa Cruz do Capibaribe, foi lindo, pena que acabou cedo, mas é isso, respeitamos os horários. Obrigada mais uma vez. Eu volto, viu?", diz postagem.

>> Apesar da pandemia da covid-19, próximos meses têm shows marcados em Pernambuco e venda de ingressos; veja lista

>> Os shows em Pernambuco vão voltar? E os eventos? Entenda o Selo Passe Seguro PE

Eventos-teste

A realização dos eventos-testes com até 1.200 está permitida no Estado. 10% do público que estiver nesses espetáculos será monitorado pelo Executivo. O objetivo do governo é checar se a realização desses eventos terá algum tipo de impacto no aumento do contágio da covid-19 entre os seus frequentadores, informação que deve balizar as futuras decisões do Palácio do Campo das Princesas, no sentido de liberar ou não um público maior para esse tipo de atividade, assim como outras flexibilizações.

"Após a realização desses eventos, nós vamos monitorar uma amostra de 10% dos participantes para que a gente possa verificar se esse evento gerou ou não contaminação. É fundamental que o Governo de Pernambuco, juntamente com os organizadores e produtores dos eventos, acompanhe esses resultados para que a gente possa definir as novas medidas, as novas liberações e flexibilizações para os meses de outubro, novembro, e as nossas expectativas são positivas, mas a gente precisa do comprometimento de todos", explicou Ana Paula Vilaça, secretária executiva de Desenvolvimento Econômico do Estado.

Polícia Militar

Confira, na íntegra, a resposta da Polícia Militar sobre o caso:

A Polícia Militar informa que o show não foi encerrado. O referido evento estava autorizado a acontecer como evento teste, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, onde o som poderia funcionar até às 23h. Após esse horário a Polícia Militar se fez presente no local para cumprir a determinação. O restaurante continuou funcionando até a meia noite, como autoriza o decreto estadual.

Mais Lidas