sinal forte

Pernambuco falando para o mundo! Transmissão da Rádio Jornal é captada na Finlândia


O sinal da Rádio Jornal chegou até finlandês Mika Makelainen, que entrou em contato com a emissora do SJCC

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 13/09/2021 às 12:15
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

O slogan da Rádio Jornal todo mundo conhece: Pernambuco falando para o mundo! Essa mistura de bairrismo e grandiosidade é marca registrada há décadas. Com o avanço da tecnologia, fica cada vez mais fácil informar os ouvintes em qualquer lugar do planeta. Você pode pensar que através do site e aplicativo, que tem transmissão 24 horas por dia, a Rádio Jornal chegou até um finlandês chamado Mika Makelainen. No entanto, o sinal captado foi a emissão da freqüência 780 kHz (AM), confirmando a potência da Rádio Jornal.

O jornalista, de 56 anos, e que trabalha notícias estrangeiras para a Emissora nacional finlandesa (YLE), entrou em contato com o Sistema Jornal do Commercio e informou que a Rádio Jornal foi sintonizada na Finlân­dia. De acordo com ele, a distância é de 9.820 quilômetros. A equipe de redes sociais respondeu Mika, que agradeceu. ''Muito obrigado pela sua amável resposta, confirmando a recepção da sua estação! Fiquei muito feliz em ouvir!'', disse.

Leia a mensagem na íntegra

''É com imenso prazer que envio esta carta com boas notícias sobre a sua emissora Rádio Jornal a que foi sintonizada na Finlân­dia, no dia 10 de fevereiro de 2021, e com este relatório de recepção ficar verdadeiramen­te satisfeito por saber que a sua emissora através das ondas do rádio foi ouvida na Finlândia com as suas programações desse dia.

Captei a sua emissão na freqüência de 780 kHz nas ondas lar­gas (AM), das 0:01 horas vossa hora local. Gostaria de saber se alguém já conseguiu, antes de mim, escutar à sua emissora de tão longe quanto eu na Europa, a uma distância de 9.820 quilômetros? Fiquei muitíssimo contente ao ouvir a sua emissora por ser muito difícil captá-la por aqui.

Algo sobre mim - tenho 56 anos e trabalho como jornalista de notícias estrangeiras para a Emissora nacional finlandesa (YLE), fazendo reportagens tanto no rádio quanto na TV.

Você pode se perguntar, como eu pude ouvir sua estação até agora. Bem, realmente não foi um evento diário, mas sim uma combinação de sorte, experiência e esforço. Nos últimos 40 anos, fazer DX, tentar pegar estações de rádio distantes, tem sido meu hobby favorito. Meu equipamento consiste em um receptor de comunicações do tipo "Perseus" e uma série de antenas de fio de 1 quilômetro de comprimento, uma das quais apontando na sua direção.

As condições para ouvir AM são ideais na região norte da Finlândia, Lapônia, muito acima do Círculo Polar Ártico, porque há amplo espaço para longas antenas e quase nenhum ruído elétrico ou interferência feita pelo homem. Então eu viajei para lá e fiquei em uma cabana minúscula por duas semanas, apenas ouvindo rádio. Estou anexando algumas fotos de lá - especialmente as luzes do norte (aurora boreais) foram bastante impressionantes. O tempo estava gelado, abaixo de -30 graus, mas ouvir sinais distantes me manteve aquecido

Provando que realmente ouvi a sua emissora, vou enviar aqui, em anexo, um ficheiro de som MP3 com a identificação da sua emissora: "Meia-noite um, ... na Rádio Jornal ... madrugada ..."

Agradecia-lhe imenso se me fizesse o favor de ouvir esta pequena gravação. O vosso sinal era muito fraco, mas a qualidade do som da gravação poderá melhorar utilizando auscultadores. Será que é capaz de reconhecer a identificação da sua emissora?

Se este relatório estiver correto, gostaria muito que me envias­sem uma mensagem de confir­mação. Seria uma bela recordação deste contato entre os nossos países.

Desejo a você e à sua emissora os maiores êxitos e espero ter brevemen­te notícias suas. Com os melhores cumprimen­tos.

Muito atenciosamente, Mika Makelainen.


Mais Lidas