ACHADO

VÍDEO: Tailandês encontra vômito de baleia de 30 kg que pode valer R$ 7 milhões


O ambergris é popularmente conhecido como vômito de baleia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/10/2021 às 17:37
Reprodução de vídeo/ViralPress
FOTO: Reprodução de vídeo/ViralPress
Leitura:

Encontrar um grande quantidade de vômito nunca foi tão vantajoso quanto para um tailandês. O pescador Narong Phetcharaj estava voltando para a costa, no sul da Tailândia, quando viu uma grande quantidade do material expelido por uma baleia. De acordo com o jornal Daily Mail, o vômito de baleia encontrado pelo tailandês tem um valor milionário.

Para comprovar que a substância se tratava do vômito de baleia, o pescador queimou um pedaço do caroço e, ao ver a substância se derreter rapidamente, teve o resultado esperado. Phetcharaj então levou o objeto a especialistas da Universidade Príncipe de Songkla para testá-lo. Os profissionais provaram ser uma peça genuína.

Veja o vídeo do pescador e seu vômito de baleia no jornal South China Morning Post, de Hong Kong:

Valor milionário

A peça com cerca de 30 kg pode valer até 1 milhão de libras, o equivalente a R$ 7 milhões. Segundo o Daily Mail, Narong manteve o vômito de baleia enrolado em uma toalha por segurança e escondido em uma caixa de papelão antes de mostrar aos parentes sobre a descoberta.

"Estou tão animado que não sei o que fazer. Pretendo vender, porque já recebi um certificado que prova que ele é real. Se eu conseguir um bom preço, vou parar de trabalhar como pescador e dar uma festa para meus amigos", disse Narong ao jornal.

Conhecido popularmente por vômito de baleia, o ambergris é considerado um tesouro marinho por causa de um álcool inodoro extraído para fazer o cheiro de um perfume durar mais tempo. Este é um dos poucos materiais de origem animal utilizados em perfumaria.

O que é o ambergris?

Segundo o portal UOL, o ambergris ou vômito de baleia é uma substância que se forma a partir de uma secreção do ducto biliar nos intestinos das baleias cachalotes, uma espécie gigante de cetáceo. A substância pode ser encontrada flutuando no mar ou arrastado pela correnteza até as costas litorâneas.

Tailandesa milionária após achar vômito de baleia

Recentemente, a tailandesa Siriporn Niamrin, de 49 anos, ficou milionária após encontrar e vender vômito de baleia.


Mais Lidas