PETROLINA

Celular com capinha do Hulk impede que homem seja atingido por bala durante assalto, em Petrolina

Equipe que se preparou para receber a vítima do assalto se preparou e estranho quando o paciente não tinha sinais de sangramento

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 08/10/2021 às 17:06
Reprodução/ Twitter
FOTO: Reprodução/ Twitter
Leitura:

Um homem vítima de um assalto em Petrolina foi levado ao Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco, em Petrolina (PE), no Sertão de Pernambuco, após ser atingido por um tiro. O curioso é que a bala não tocou o corpo do paciente graças ao seu celular. Para completar, a capinha do aparelho era do personagem do desenho animado "O Incrível Hulk", conhecido pela sua força. O caso aconteceu nesta quinta-feira (7), em Petrolina.

A situação foi compartilhada no Twitter pelo médico Pedro Carvalho. Veja:

 

Atendimento no hospital

Segundo ele, quando o Samu estava a caminho da unidade de saúde, a equipe foi informada da ocorrência: uma pessoa baleada durante um assalto. Foi então que os profissionais começaram a se preparar para receber a vítima que eles imaginavam estar em estado grave. "Nessa situação, normalmente, a gente sempre parte do princípio que o paciente baleado chega grave e aí a gente se preparou para receber. Preparamos uma máquina, deixamos o equipamento pronto e aí quando o paciente entrou a gente viu que ele estava acordado, conversando, não tinha nenhum sinal de sangue e a equipe do Samu muito tranquila", contou, em entrevista à Rádio Jornal.

Foi então que o cirurgião de plantão encontrou o celular da vítima quebrado. "Quando o cirurgião de plantão foi fazer o exame físico não encontrou nenhuma marca de tiro, tirou o celular do bolso e o aparelho estava naquele estado. O celular parou o projétil e impediu que o paciente fosse ferido. Ele estava tão bem que recebeu altas poucos minutos depois. Correu tudo bem, felizmente", completou.

A vítima ficou apenas com uma marca roxa no local do impacto.

Polícia

Em nota, a Polícia Militar revelou que realizou diligências no local do assalto, mas não encontrou o assaltante.

A Polícia Militar informa que na tarde de ontem (7), policiais militares do 5º Batalhão foram acionados para uma ocorrência de tentativa de assalto na zona rural de Petrolina. Ao chegar ao local os suspeitos já haviam se evadido. A vítima, que foi atingida de raspão na região do quadril, foi socorrida pelo SAMU, para o Hospital de Traumas e passa bem. As Guarnições fizeram diligências no local, mas ninguém foi identificado.

Mais Lidas