Concurso Público

Concurso Público: Polícia desencadeia operação para prender suspeitos de fraudar concursos em estados do Nordeste; veja o que se sabe

Policiais já identificaram fraudes em concursos públicos de pelo menos dois estados nordestinos

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 21/10/2021 às 7:11
Foto: Sérgio Bernardo / Acervo JC Imagem
FOTO: Foto: Sérgio Bernardo / Acervo JC Imagem
Leitura:

Policiais civis de Alagoas e Pernambuco estão nas ruas desses dois estados para prender uma quadrilha que frauda concursos públicos. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil aqui de Pernambuco, cerca de 250 agentes estão envolvidos na operação "Loki".

Segundo nota enviada à imprensa, já foram identificadas fraudes em concursos públicos realizados nos dois estados. A Polícia ainda não detalhou quais provas foram fraudadas nem de que modo as irregularidades eram cometidas.

Foram expedidos nove mandados de prisão e 41 de Busca e Apreensão a serem cumpridos em Pernambuco. As ordens foram dadas pela Justiça de Alagoas. Em breve, a polícia deve dar mais detalhes sobre o caso.

Nota na íntegra sobre fraude em concurso público

"A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO, em apoio à POLÍCIA CIVIL DE
ALAGOAS, participou na manhã desta quinta-feira, 21/10/2021, da deflagração da
Operação LOKI, que visa identificar e desarticular Organização Criminosa voltada à
prática de fraude em concursos públicos ocorridos nos Estados de Pernambuco e
Alagoas.
No dia de hoje, estão sendo cumpridos 09 (nove) Mandados de Prisão e 41 (quarenta e
um) Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar no Estado de Pernambuco, todos
expedidos pela Justiça de Alagoas.
Na execução, estão sendo empregados 250 (duzentos e cinquenta) Policiais Civis, entre
Delegados, Agentes e Escrivães de Pernambuco e Alagoas.
Os detalhes da referida operação serão divulgados pela Assessoria de Comunicação da
Polícia Civil, em momento oportuno."

Mais Lidas