Tragédia no set de gravação

Caso Alec Baldwin: Antes de morte de diretora, outra arma havia disparado acidentalmente no set de gravação

Na quinta-feira (21), a diretora Halyna Hutchins morreu após ser atingida por tiro de arma segurada por Alec Baldwin

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 23/10/2021 às 12:22
Reprodução/ Facebook
FOTO: Reprodução/ Facebook
Leitura:

Novas revelações sobre o caso Alec Baldwin. Funcionários da equipe de gravação do filme Rust revelaram em entrevistas a veículos estrangeiros que, antes da morte da diretora Halyna Hutchins, atingida por um tiro disparado por uma arma segurada pelo ator de 63 anos, outra arma havia disparado acidentalmente.

Os relatos foram publicados no site Deadline, no jornal "Los Angeles Times" e na revista "Variety". "Uma arma teve dois disparos acidentais em uma cabine fechada. Foram dois estouros altos - uma pessoa estava só segurando nas mãos e disparou", contou uma fonte ao Deadline. A reportagem não esclareceu se alguém ficou ferido neste episódio anterior.

Pedidos de demissão em massa

Horas antes da morte da diretora, alguns funcionários pediram demissão da equipe de filmagens. Segundo Deadline, a reclamação era relacionada a questões trabalhistas. De acordo com a Variety, alguns funcionários reclamaram de falta de protocolos de segurança contra a covid-19 durante as gravações.

Alguns também reclamaram de ter ficado em hotéis mais baratos e distantes dos locais de gravação.

Resposta

Em resposta ao Deadline, a produção do filme enviou a seguinte nota:

"A segurança do nosso elenco e equipe é a maior prioridade da Rust Produções e todos associados com a empresa. Embora não estivéssemos cientes de nenhuma reclamação oficial sobre a segurança de armas e objetos cenográficos no set, vamos realizar uma revisão interna de nossos procedimentos enquanto a produção estiver interrompida. Nós vamos continuar a cooperar com as autoridades de Santa Fe na investigação e oferecer serviços de apoio à saúde mental ao elenco e à equipe neste tempo trágico".

O ator Alec Baldwin está colaborando com as investigações.

Mais Lidas