Polícia

Babaçu: Homem que atuou na caçada de Lázaro Barbosa, o 'serial killer de Brasília', é preso, faz ameaça de morte e tenta fugir algemado

Caçador "Babaçu" ajudou na busca pelo assassino Lázaro Barbosa, conhecido como o 'serial killer de Brasília', em junho deste ano

Com informações do SBT
Com informações do SBT
Publicado em 28/10/2021 às 10:24
Divulgação/Polícia Civil Goiás
FOTO: Divulgação/Polícia Civil Goiás
Leitura:

Conhecido por ter ajudado na caçada ao assassino Lázaro Barbosa, em Águas Lindas de Goiás, o caçador "Babaçu" foi preso suspeito de estupro, nessa segunda-feira (25). A prisão em flagrante ocorreu em São Miguel do Araguaia, onde, após adquirir relativa fama, o suspeito passou a presentear e assediar uma menor de 16 anos, com o intuito de ter relações sexuais com ela.

>> Veja onde Lázaro Barbosa foi capturado e os últimos passos do 'serial killer de Brasília'

O crime

Após reiteradas negativas da vítima, "Babaçu", ameaçando tomar o celular da garota e lhe deixar a mais de 20km de distância da sua residência, estuprou a moça e, em seguida, a levou para casa. Ele também a ameaçou, caso revelasse o ocorrido para a família. O crime ocorreu na madrugada de da última segunda (25).

>> Lázaro Barbosa morreu? Está vestido de policial? Lázaro nunca existiu? Conheça as teorias da conspiração sobre o serial killer de Brasília

>> Lázaro Barbosa: Veja quem é a vizinha fofoqueira que denunciou a ex-sogra do serial killer de Brasília

A adolescente denunciou o crime, o que provocou a prisão de "Babaçu". Na delegacia, ele tentou fugir, mesmo algemado a uma cadeira, sendo mais uma vez preso pelos policiais civis. Ele também ameaçou um dos servidores de morte. Após os procedimentos, o homem foi conduzido à Polícia Penal, onde encontra-se à disposição do Poder Judiciário.

Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa fugiu de 270 policiais, por 20 dias. Na fuga, ele invadiu dezenas de propriedades rurais no entorno do Distrito Federal, fez reféns e trocou tiros com a polícia. Estima-se que cerca de 70% da população da região deixou suas casas, com medo do criminoso. Ele foi morto na segunda-feira, 28 de junho de 2021, em confronto com a polícia.

Mais Lidas