Igreja Católica

VÍDEO: Entenda por que São Judas Tadeu é considerado o padroeiro das causas impossíveis

São Judas Tadeu era de família palestina e primo de Jesus Cristo

Gabriel dos Santos Araujo Dias
Gabriel dos Santos Araujo Dias
Publicado em 28/10/2021 às 8:53
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Um dos 12 apóstolos de Jesus, São Judas Tadeu, celebrado pelos católicos neste 28 de outubro, também era primo de Cristo. Filho de uma família palestina, historiadores da Igreja Católica dizem que ele era muito semelhante, fisicamente, com o próprio Jesus. Filho de Maria de Cleofas, prima de Maria, "é um apóstolo meio esquecido por causa do Iscariotes, com o mesmo nome, que quer dizer 'louvor'", explica Padre Nélio, da paróquia de São João del-Rei, de Minas Gerais. Quer saber por que ele se tornou conhecido como padroeiro das causas impossíveis? A história é bem interessante!

Veja o vídeo e entenda por que São Judas Tadeu é o padroeiro das causas impossíveis

Resumo

Segundo Padre Nélio, foi Santa Brígida que o invocou desde 1373 como Santo das Causas dos Aflitos. "Ela teve uma visão, estava tendo uma aflição, e, na visão, Jesus falou com ela para invocar São Judas Tadeu. Desde então, até hoje, o povo tem muito carinho e em qualquer causa urgente, ele é lembrado", explica o padre. No vídeo, o padre também fala sobre algumas causas que já alcançaram graças, em devoção a São Judas Tadeu.

História

É autor de uma epístola que leva o seu nome, na qual ataca os agnósticos e diz que os que têm fé, mas não fazem obras boas, são como nuvens que não têm água, árvores sem fruto e ondas só de espumas, e que os que se dedicam aos pecados de impureza e a fazer atos contrários à natureza sofrerão a pena de um fogo eterno.

Mais Lidas