Tristeza

Corpo de motorista de aplicativo é enterrado sob forte comoção em Vitório de Santo Antão

O sepultamento ocorreu no cemitério São Sebastião no fim da manhã desta sexta-feira (29)

Caterine Costa de Oliveira
Caterine Costa de Oliveira
Publicado em 29/10/2021 às 14:15
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

O corpo de Wendell Higor Santos de Almeida, 27 anos, foi sepultado no fim da manhã desta sexta-feira (29) no cemitério São Sebastião na cidade em que o estudante de educação física morava, Vitório de Santo Antão. Dezenas de pessoas compareceram para prestar a última homenagem ao jovem que desapareceu em 19 de outubro após sair de casa para corrida em Bezerros, Agreste de Pernambuco. Após 10 dias de desaparecimento, o corpo foi encontrado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em um local de difícil acesso na BR-232, no município de Pombos. Veja matéria:

Homenagens

A chegada do corpo de Higor ao cemitério da cidade foi marcada por muita emoção. Dezenas de pessoas fizeram homenagem ao com coroas de flores, balões e com camisas coma foto do jovem. A família chegou ao cemitério acalentada pela população. seu Jose Ubiraci, o pai, e Dona Fátima, a mãe, receberam muitos abraços de amigos, parentes, conhecidos e até desconhecidos.

>>Acidente? Onde foi visto pela última vez? Veja o que se sabe até agora sobre a morte de motorista de aplicativo

"Agora que eu vi o quanto ele era querido, como as pessoas gostavam dele, tiveram pessoas até de outras cidades que vieram. Então, é muito reconfortante, porque a gente viu que muita gente se mobilizou, muita gente ajudou a procurar, muita gente compartilhou e eu só tenho a agradecer a todo mundo", disse Williams Hiago, irmão de Higor.

Emoção

A mãe do estudante de educação física não conseguiu ficar até o final do sepultamento. Muito abalada, a mulher pediu para sair do cemitério antes do término da cerimônia. O pai e o irmão, permaneceram a todo tempo ao lado do caixão de Higor.

>> Família confirma que corpo encontrado em decomposição é de motorista de aplicativo

Filho

Higor deixou um filho de apenas cinco anos. De acordo com o tio da criança e irmão do motorista de aplicativo, a criança ainda não sabe da morte do pai.

Mais Lidas