LUTO

Velório de Marília Mendonça deve reunir até 100 mil pessoas; veja o que se sabe sobre solenidade

Marília Mendonça morreu nesta sexta-feira (5) vítima de um acidente de avião

Atualizada às 11h16
Atualizada às 11h16
Publicado em 06/11/2021 às 6:45
reprodução da internet
FOTO: reprodução da internet
Leitura:

O velório de Marília Mendonça, 26, que faleceu nesta sexta-feira (5) em acidente de avião deve reunir até 100 mil pessoas. A informação foi dada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado, nesta sexta. Além da cantora, também será velado o corpo do tio da artista, Abicieli Silveira Dias, que estava no avião que caiu.

Velório

O corpo da cantora natural de Cristianópolis, em Goiás, será velado na Goiânia Arena, localizada na Avenida Fued José Sebba, em Goiânia. A expectativa era de que fosse iniciado às 8h, mas o horário foi alterado devido ao atraso na liberação do corpo, que só chegou no aeroporto de Goiânia por volta das 10h40. Os fãs terão acesso ao momento de despedida da artista.

O velório será aberto ao público a partir das 13h até às 16h. O sepultamento estava previsto para ocorrer às 16h, mas ocorrerá às 17h30 e será reservado apenas para os familiares.

Os corpos das vítimas já foram liberados do Instituto de Medicina Legal (IML) em Minas Gerais, onde o avião caiu.

O governador Ronaldo Caiado pediu que as pessoas tenham "calma e respeito à sinalização para que todos possam dar o seu adeus".

 

Acidente

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou na tarde desta sexta-feira (5) que a cantora Marília Mendonça estava entre os mortos na queda de um avião de pequeno porte no distrito de Piedade de Caratinga, no município de Caratinga (MG).

>> 'Trocaria qualquer coisa para não ter que ficar pegando avião', disse Marília Mendonça há exatos dois anos antes de morrer

>> Veja repercussão da morte de Marília Mendonça entre os artistas

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5) ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, diz nota divulgada pela corporação.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais, os corpos das cinco vítimas do acidente já foram retirados da aeronave e levados ao Instituto Médico Legal (IML) em Caratinga.

Avião com a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas caiu em Minas Gerais
Avião com a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas caiu em Minas Gerais
Reprodução/Redes Sociais

À noite, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou, por meio de nota, que o bimotor atingiu um cabo de uma torre de distribuição de energia antes de cair em uma cachoeira. “A Cemig informa que o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo de uma torre de distribuição da companhia no município de Caratinga”, informou a empresa, em nota. “A Cemig manifesta seu pesar pelas vítimas do acidente e presta solidariedade a familiares e amigos".

As vítimas

Além de Marília Mendonça, também morreram no acidente o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto da aeronave Tarciso Pessoa Viana.

Em nota, a assessoria da cantora informou que o avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. A cantora, que colecionava vários sucessos musicais e era conhecida como Rainha da Sofrência.

De acordo com o porta-voz do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, tenente Pedro Aihara, a corporação foi acionada às 15h30 para atender à ocorrência. Segundo ele, a aeronave tem prefixo PT-ONJ e caiu em uma região com cursos d'água, nas proximidades da BR-474. Até o momento, três corpos foram retirados do avião.

"Assim que as equipes chegaram iniciaram os trabalhos de desencarceramento e de acesso forçado [à aeronave]. Quando adentraram no interior, verificaram a existência de alguns óbitos, incluindo da cantora Marília Mendonça", disse.

Mais Lidas