POLÍTICA

Consulados dos Estados Unidos no Brasil voltam a emitir visto de não-imigrantes


O visto é para quem pretende viajar para os Estados Unidos por um período, seja a passeio, estudo ou intercâmbio

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 08/11/2021 às 20:33
Marcelo Aprígio/SJCC
FOTO: Marcelo Aprígio/SJCC
Leitura:

A partir desta segunda-feira (8), a embaixada e os consulados dos Estados Unidos, no Brasil, voltam a agendar as entrevistas para o visto de não-imigrantes. Esse visto é para quem pretende viajar, por um período, a passeio, estudo ou intercâmbio.

A embaixada do país norte-americano explica que as marcações podem estar limitadas, devido aos protocolos de saúde e segurança, mas orienta que os interessados visitem sempre a página da embaixada para mais informações.

Com um pacote comprado para Las Vegas, no ano que vem, o analista de sistemas Diego Pazim, de 36 anos, ainda não tinha visto para o país. Na hora de agendar a entrevista, a data mais próxima era outubro de 2022, pouco antes da data do embarque. O morador de São Paulo, capital, conta que, na sorte, conseguiu antecipar para julho.

Para adiantar o processo de solicitação de visto, é importante preencher o formulário para requisição e pagar a taxa de visto. Todas as informações sobre visto e regras de entrada no país estão na internet, no site da embaixada dos Estados Unidos.

COMPROVANTE DE VACINAÇÃO

A política do governo dos Estados Unidos prevê que, antes do embarque, deve ser apresentado o comprovante de vacinação contra a covid-19, com datas e nomes das doses, e o resultado negativo do exame RT-PCR, feito até três dias antes. Todas as vacinas aprovadas pela agência americana FDA, e pela Organização Mundial de Saúde, serão aceitas para entrada nos Estados Unidos. Lembrando que a viagem deve ser feita com pelo menos duas semanas após o fim do ciclo vacinal.

E para quem tem até 17 anos não precisa do comprovante de vacinação, mas deve ter feito o teste RT-PR com resultado negativo, até três dias antes do embarque.


Mais Lidas