Bebê abandonado

Ambulante que "encontrou" bebê no Sítio Histórico de Olinda é pai da criança; entenda o caso

O caso aconteceu em 2 de novembro quando um homem compareceu ao Hospital Tricentenário de Olinda alegando ter encontrado a criança em uma sacola no Sítio Histórico de Olinda.

Caterine Costa de Oliveira
Caterine Costa de Oliveira
Publicado em 11/11/2021 às 15:45
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

O homem que se identificou como um vendedor ambulante que teria encontrado um bebê no dia 2 de novembro no Sítio Histórico de Olinda, na verdade, é o pai da criança. Nesta quinta-feira (11), ele e a mulher identificada como mãe do recém-nascido, prestaram depoimento na Delegacia do Varadouro.

"Na realidade, nunca existiu ambulante algum, isso foi uma história que o pai da criança criou para poder salvar seu filho, pois ele estava em ato de desespero. Foi a única forma que ele encontrou para salvar sua criancinha", diz James Lancaster, advogado do pai do bebê.

Conforme informações passadas por James, o casal, que está junto há 3 anos, não sabia da gravidez e só descobriu no momento em que a mãe entrou em trabalho de parto. "Todo mês a mãe vinha menstruando normalmente. Ela não sabia que estava grávida, não foi feito pré-natal, nada disso. De repente, quando eles estavam lá dormindo, ela acorda torcendo ele e a criança começa a nascer", conta o defensor do pai, acrescentando que o parto foi feito por eles mesmo.

>>Vídeos mostram possível registro do abandono do bebê recém-nascido no Sítio Histórico de Olinda

>>Bebê recém-nascido é encontrado dentro de sacola no Sítio Histórico de Olinda

Depois de um longo depoimento a mãe da criança deixou a delegacia acompanhada da advogada e não quis conversar com a imprensa. O pai saiu logo em seguida e também permaneceu em silêncio.

Situação do bebê

A conselheira tutelar Claudia Roberta explicou como fica a situação do recém-nascido. "Iremos acompanhar porque a gente precisa encaminhar para a Vara dos termos declaratórios dos pais para que a equipe técnica da Vara faça um estudo de caso e defina a real situação da criança. Como já existe um processo, só através de juízo que decide", declarou.

>>Bebê abandonado em Olinda: ligação de suposto parente e pais que não queriam criar criança; veja desdobramentos

Trajeto do pai

O pai do bebê foi registrado por diversas câmeras de segurança do Sítio Histórico de Olinda carregando a criança nos braços em uma sacola plástica. O genitor percorreu pelo menos 1 km e meio com o menino no saco passando pela Ruas São Bento, 13 de Maio, Quatro Cantos, Ladeira da Misericórdia e Alto da Sé até chegar no Hospital Tricentenário no Bairro Novo. Veja vídeo:

Mais Lidas