PANDEMIA

Holanda decreta lockdown após recorde de infecções por covid-19

Pelo segundo dia consecutivo, país europeu registrou 16 mil novos casos da covid-19

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/11/2021 às 20:07
Reprodução da internet
FOTO: Reprodução da internet
Leitura:

Mesmo com cerca de 85% da população adulta completamente vacinada, o governo da Holanda decretou, neste sábado (13), um lockdown parcial. A medida foi novamente adotada no país por conta do aumento significativo de casos da covid-19 nas últimas semanas.

Diante dessa nova onda de contágios por coronavírus, a Holanda vai restringir algumas atividades e, de acordo com o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, o lockdown deve durar três semanas.

Comércios e serviços não essenciais terão seus horários de atendimento reduzidos. Até mesmo os estabelecimentos considerados essenciais, como supermercados, também vão se enquadrar na medida restritiva. Em sua maioria, precisam fechar às 20h.

O governo holandês também está estudando maneiras de restringir o acesso de pessoas que não foram vacinadas a locais fechados, uma medida politicamente delicada que exigiria aprovação parlamentar.

AUMENTO DE INFECÇÕES

Segundo os números divulgados pelo governo holandês, pelo segundo dia consecutivo, o número de casos de novas infecções por covid-19 chegou a 16 mil. Com isso, inevitavelmente, os hospitais ficaram mais movimentados e o número de leitos disponíveis reduziu.

A Holanda teve, desde o começo da pandemia, 2,3 milhões de casos diagnosticados da covid-19. Desses, 18,7 mil resultaram em mortes pela doença.

Mais Lidas