Carnaval

Carnaval é cancelado em pelo menos 70 cidades: Confira municípios que disseram não ao carnaval 2022


Gestores municipais estão preocupados com a pandemia do novo coronavírus

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/11/2021 às 9:47
Notícia
Arquivo/JC Imagem
Carnaval de Olinda - FOTO: Arquivo/JC Imagem
Leitura:

Pelo menos 70 cidades brasileiras já disseram não ao carnaval 2022. A grande preocupação dos gestores municipais é com um reagravamento da pandemia do novo coronavírus, uma vez que parcela significativa da população ainda não foi vacinada contra a covid-19 e já que as festas da folia de momo costumam atrair grandes aglomerações. 

Quais cidades cancelaram o Carnaval 2022?

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, as cidades que já disseram não ao Carnaval no próximo ano são:

Altinópolis
Barrinha
Borborema
Botucatu
Brodowski
Cabreúva
Caçapava
Caconde
Cajuru
Campo Limpo Paulista
Cássia dos Coqueiros
Catanduva
Cunha
Dobrada
Dumont
Fernandópolis
Franca
Guaíra
Guariba
Guatapará
Iacanga
Ibitinga
Itapetininga
Itápolis
Itatiba
Itupeva
Jaboticabal
Jacareí
Jarinu
Jundiaí
Lagoinha
Louveira
Luis Antônio
Marília
Mogi das Cruzes
Monte Alto
Monteiro Lobato
Natividade da Serra
Orlândia
Piacatu
Pitangueiras
Pradópolis
Poá
Potirendaba
Redenção da Serra
Ribeirão Preto
Rifaina
Roseira
Sales Oliveira
Santa Cruz da Esperança
Santa Ernestina
Santa Rosa do Viterbo
Santo Antônio da Alegria
Santo Antônio do Pinhal
São Bento do Sapucaí
São Joaquim da Barra
Sarapuí
Sorocaba
Suzano
Taquaritinga
Taubaté
Ubatuba
Uchoa
Urupês
Valinhos
Várzea Paulista
Vinhedo

Todas no Estado de São Paulo. 

"A saúde da população é prioridade e a vacinação é o caminho. Sinto que, em 2022, ainda não seja o momento de realizarmos o carnaval. Esse momento é de cautela para que, em 2023, tenhamos de volta o saudoso e tradicional carnaval de Caconde", disse o prefeito João Filipe (PSDB).

Pernambuco

Em Pernambuco, ainda não há definição sobre a realização ou cancelamento do Carnaval em 2022. O secretário estadual de Saúde disse, recentemente, que ainda observa a situação epidemiológica do Estado. O prefeito de Olinda, professor Lupércio, disse que também aguarda definição do Ministério da Saúde e do governo Estadual. 

[[LEIA-TAMBEM][219377,219216,219206,219134][LEIA-TAMBEM]]

Rio de Janeiro

Na cidade do Rio de Janeiro, o secretário de Saúde disse que há segurança sanitária para realização do evento. O calendário está mantido, inclusive para desfile de escolas de samba. 

Comentários


Mais Lidas