AVIAÇÃO

ÁUDIO: avião da Gol faz pouso de emergência em Petrolina após motor do Boeing 737 falhar


A aeronave, que transportava 182 pessoas, saiu de Juazeiro do Norte, no Ceará, com destino a Guarulhos, em São Paulo

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 05/01/2022 às 11:07
Notícia
DIVULGAÇÃO/GOL LINHAS AÉREAS
Episódio aconteceu no Aeroporto Senador Nilo Coelho, na última sexta-feira (31) - FOTO: DIVULGAÇÃO/GOL LINHAS AÉREAS
Leitura:

Um avião da Gol fez um pouso de emergência em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, após apresentar falha em um dos motores. O Boeing 737-800, que transportava 182 pessoas, saiu de Juazeiro do Norte, no Ceará, com destino a Guarulhos, em São Paulo, mas devido à pane no motor direito precisou modificar a rota e pousar no Aeroporto Senador Nilo Coelho, na última sexta-feira (31).

Em um áudio divulgado pelo portal G1, ao qual a reportagem teve acesso, é possível escutar a conversa de um dos pilotos com o controle de tráfego aéreo (ouça abaixo). Na gravação, é possível ouvir soar um alarme na cabine de comando da aeronave. Pouco depois, o piloto fala uma expressão que, no mundo da aviação, aponta para situação de urgência: “Pan-pan, pan-pan, pan-pan”, diz ele repetidas vezes.

Na conversa, o comandante conta aos controladores que o motor direito da aeronave deixou de funcionar e que está voando em monomotor. O piloto, então, solicita autorização para desviar o voo e pousar em Petrolina. E, por medida de precaução, pede apoio no solo do Corpo de Bombeiros e assistência médica.

Rádio Jornal procurou a Gol para comentar o caso. Em nota, a gol informou que  que ocorreu foi uma manutenção não programa. Leia a íntegra:

“ Devido manutenção não programada, o voo 1875, entre Juazeiro do Norte (JDO) e Guarulhos (GRU), realizado no dia 31 de dezembro, alternou sua rota para Petrolina (PNZ). Foi detectada a necessidade de troca de aeronave para prosseguimento da viagem.

Todos os clientes foram reembarcados e o voo pousou em GRU com 6h23min de atraso.

Durante as tratativas em Petrolina, todos clientes ficaram na sala de embarque e receberam alimentação para aguardar a chegada da nova aeronave.

A GOL lamenta os transtornos causados, mas reforça que todos os procedimentos adotados visaram a Segurança, valor número 1 da Companhia.”

Ouça áudio

Comentários


Mais Lidas