Criticou

Papa Francisco lamenta que famílias substituam filhos por animais domésticos


O Papa pediu que as instituições responsáveis facilitem os processos de adoção

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 05/01/2022 às 20:44
VATICAN NEWS/PIXABAY
Papa criticou a substituição de filhos por animais de estimação - FOTO: VATICAN NEWS/PIXABAY
Leitura:

O Papa Francisco, em discurso na audiência geral, nesta quarta-feira (5), lamentou que os animais de estimação às vezes tomem o lugar dos filhos. No mesmo pronunciamento, o Papa elogiou a paternidade e a adoção.

Ad

"Hoje vemos uma forma de egoísmo. Vemos que alguns não querem ter filhos. Às vezes têm um, mas têm cães e gatos que ocupam esse lugar", afirmou o pontífice, em sua primeira audiência geral do ano.

Francisco solicitou, também, que as instituições responsáveis facilitem os processos de adoção.

"A negação da paternidade e da maternidade nos diminui, tira nossa humanidade, a civilização envelhece. Ter um filho é sempre um risco, seja natural, ou adotado. Mas mais arriscado é não ter. Mais arriscado é negar a paternidade, negar a maternidade, seja ela real, ou espiritual", ressaltou o Papa.


Mais Lidas