MEDIDAS

Restrições em Pernambuco: com alta de covid-19 e H3N2, governo deve anunciar novas medidas nesta semana


Novas restrições devem servir de estratégia para evitar a disseminação das infecções virais no território pernambucano

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 10/01/2022 às 8:46
Notícia
BRUNO CAMPOS / JC IMAGEM
Espera-se que o governador Paulo Câmara (PSB) anuncie o retorno das medidas até a próxima sexta-feira (14) - FOTO: BRUNO CAMPOS / JC IMAGEM
Leitura:

Matéria atualizada às 20h

Com o crescimento do número de casos de covid-19 e da gripe H3N2 em Pernambuco, o Governo do Estado estabeleceu novas restrições como estratégia para evitar a disseminação das doenças no território pernambucano. As mudanças têm início a partir da próxima sexta (14), com a redução da capacidade máxima de eventos para 3 mil pessoas e a exigência do passaporte vacinal para serviços de cinema, teatros, alimentação e museus. As medidas são válidas até 31 de janeiro.

Confira as restrições em detalhes

Anteriormente, a autoridade máxima sanitária em Pernambuco, o secretário de saúde, André Longo, já expressou preocupação com a aceleração da epidemia da gripe H3N2 no Estado. Ele informou que, na última quarta-feira (5), o governo alcançou um recorde diário de atendimento hospitalar, com o internamento de 196 pessoas que evoluíram para a forma severa de infecção: a síndrome respiratória aguda grave (srag).

O que muda?

Lazer em geral:

- O passaporte vacinal será exigido para serviços de cinema, teatros, alimentação e museus.

Eventos:

- A capacidade máxima de eventos em Pernambuco cai para 3 mil pessoas e será necessário apresentar teste negativo para a covid.

- A comprovação de vacinação será de duas doses ou dose única para pessoas até 54 anos e de dose de reforço para pessoas acima de 55 anos.

- O teste negativo terá que ser feito com 24 horas de antecedência para exames de antígeno e de 48 horas para exames de RT-PCR.

- O número máximo de frequentadores será de 50% da capacidade do espaço ou três mil pessoas em locais abertos e de mil pessoas, em locais fechados.

Covid-19 em Pernambuco

Nesse domingo (9), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou 406 casos da covid-19. Entre os confirmados, oito (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 398 (98%) são leves. Agora, o estado totaliza 649.262 casos confirmados da doença, sendo 55.435 graves e 593.827 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Comentários


Mais Lidas