IMUNIZAÇÃO

Pernambuco recebe primeiras doses da vacina contra a covid-19 para crianças


As doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/Comirnaty chegaram nesta sexta-feira (14) e serão utilizadas na imunização do publico entre 5 e 11 anos

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 14/01/2022 às 17:05
Notícia
DAY SANTOS/JC IMAGEM
Chegada de novas doses da vacina contra a covid-19 para serem usadas em crianças entre 5 e 11 anos - FOTO: DAY SANTOS/JC IMAGEM
Leitura:

Pernambuco recebeu, nesta sexta-feira (14), as primeiras doses do imunizante que serão utilizadas na campanha de vacinação contra a covid-19 das crianças de 5 a 11 anos. A vacina da Pfizer/Comirnaty é a única, até o momento, autorizada pela Anvisa para aplicação nessa faixa etária.

Foram 60 mil doses que chegaram ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, às 10h50. O Programa Estadual de Imunizações (PNI-PE) fará o encaminhamento dos imunizantes aos municípios. 

“Nossa logística já está montada para o envio das doses para todas as Regionais de Saúde, onde os municípios fazem a retirada. Após o recebimento, iniciaremos nossa distribuição ainda nesta sexta-feira (14/01), finalizando no sábado (15/01)”, explica a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina de Melo.

.

Processo de vacinação 

As Gerências Regionais de Saúde (Geres) ficam responsáveis por disponibilizar os imunobiológicos para aos gestores, que possuem autonomia na criação de estratégias para promover o acesso a sua população.

“No caso da imunização do público infantil, a orientação é que sejam criadas alternativas distintas dos adultos, pois embora o imunizante seja do mesmo fabricante, sua apresentação, dosagem e composição são diferentes do imunizante utilizado para maiores de 12 anos. Além da formulação pediátrica ser diferente dos adultos, o intervalo de duas doses para completar o esquema vacinal será de dois meses. Neste período de preparação, orientamos os gestores municipais e as equipes de imunização a ficarem atentos a essas especificidades para evitar erros de administração”, reforça Ana Catarina.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, detalha quem serão os primeiros vacinados nesta faixa etária. 

"Esta semana, nosso Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação orientou e os gestores municipais se reuniram e pactuaram com o Estado para a campanha de vacinação das crianças entre 5 e 11 anos ser iniciada por aqueles meninos e meninas com doença neurológica crônica e com distúrbios do desenvolvimento neurológico, priorizando a síndrome de down, o autismo e indígenas”, afirmou o gestor.

Vacinação nos postos com a presença dos pais 

A vacina contra a Covid-19 estará disponível para as crianças de cinco a 11 anos nos postos e pontos de vacinação organizados no Sistema Único de Saúde (SUS), desde que acompanhadas pelo pai, pela mãe ou responsáveis.

No ato da imunização, será exigida a apresentação de um documento de identificação oficial da criança para fins de registro do imunizante. A estimativa é de que o público entre cinco e 11 anos seja de 1,1 milhão no Estado.

Comentários


Mais Lidas