Política

Bolsonaro cancela lutos oficiais por Dom Hélder e Frei Damião


Dom Hélder Câmara, por exemplo, foi indicado quatro vezes ao prêmio Nobel da Paz

Gabriel dos Santos
Gabriel dos Santos
Publicado em 28/01/2022 às 9:47
Notícia
Agência Brasil
Dom Hélder Câmara foi quatro vezes indicado ao Nobel da Paz - FOTO: Agência Brasil
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro decidiu cancelar os decretos de luto oficial a personalidades do mundo político, artístico, religioso e empresarial, que morreram durante governos passados. Além de famosos, vítimas de acidentes aéreos também tiveram suas homenagens canceladas. 

Entre os famosos que tiveram seus lutos oficiais revogados estão o bispo católico Dom Hélder Câmara - indicado quatro vezes ao Nobel da Paz -, Frei Damião - respeitado religioso entre os nordestinos -, o empresário Roberto Marinho, ex-presidente das Organizações Globo e o antropólogo e cientista político Darcy Ribeiro.

.

As vítimas dos acidentes aéreos do voo 1907, da Gol, em 2006, e do voo 3054, da TAM, ocorrido em 2007, também perderam os lutos oficiais. 

Por quê?

A Presidência da República diz que o ato é uma tentativa de “desburocratização”, segundo o portal Poder360. O objetivo, segundo o governo, é manter um “processo contínuo de organização e racionalização normativa”.

Apesar disso, recentemente, Bolsonaro decretou luto oficial pelo escritor Olavo de Carvalho, morto esta semana. 

No total, pelo menos 25 decretos de luto oficial foram revogados.

Comentários


Mais Lidas