dinheiro

PIS/Pasep 2022: Três pagamentos poderão ser sacados pelo trabalhador; saiba se você tem direito


Veja critérios para receber os três pagamentos

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 29/01/2022 às 17:02
PIXABAY
Calendário do abono salarial PIS/Pasep 2022 atualizado já foi divulgado e começa em fevereiro - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Em 2022, os trabalhadores poderão sacar três pagamentos do PIS/Pasep. Dois deles são referentes ao abono salarial, que começará a ser pago em fevereiro, enquanto o terceiro são de cotas do Fundo PIS/Pasep.

>> PIS/Pasep 2022: R$ 208 milhões 'esquecidos' podem ser sacados a partir de fevereiro; veja se você recebe

>> PIS/Pasep em dobro em fevereiro: saiba se você vai receber

>> Quem pode receber o PIS/Pasep em dobro em fevereiro? Veja calendário atualizado e últimas notícias

Abono salarial

Concedido pelo Governo Federal, o abono salarial do PIS/Pasep é um direito do trabalhador. Por meio dele, os funcionários que preenchem os requisitos necessários podem sacar até um salário mínimo.

Dessa forma, tem direito a receber o abono salarial do PIS/Pasep quem trabalhou com carteira assinada ou como funcionário público no ano anterior. Além disso, é preciso que o trabalhador cumpra requisitos como:

  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
  • Ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior
  • Ter ganho, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média
  • Também é preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo

Em fevereiro, estarão disponíveis dois saques do abono salarial: um referente ao ano-base 2020, que foi adiado para 2022 e que pode chegar até R$ 1.212 - valor atual do salário mínimo - e o outro referente ao ano-base 2019, em que 320 mil trabalhadores deixaram de sacar na época e terão novamente a oportunidade de realizar o saque.

Ao todo,  R$ 208 milhões foram liberados pelo Governo Federal para os trabalhadores que esqueceram de receber o benefício em 2019.

Tabela do PIS 2022 e do Pasep ano-base 2020

O valor do PIS/Pasep 2022 foi afetado pelo aumento do salário mínimo, em 2022. Neste novo ano, o salário mínimo foi de R$ 1.100 para R$ 1.212 [confira abaixo a tabela de valores atualizada].

O valor pago é de até um salário mínimo (R$ 1.100, em 2021) e varia de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou. Se ela trabalhou o ano todo, recebe um salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do salário mínimo.

Veja abaixo a tabela de valores:

1 mês trabalhado - R$ 101
2 meses trabalhados - R$ 202
3 meses trabalhados - R$ 303
4 meses trabalhados - R$ 404
5 meses trabalhados - R$ 505
6 meses trabalhados - R$ 606
7 meses trabalhados - R$ 707
8 meses trabalhados - R$ 808
9 meses trabalhados - R$ 909
10 meses trabalhados - R$ 1010
11 meses trabalhados - R$ 1.111
12 meses trabalhados - R$ 1.212

Calendário do PIS/Pasep

Calendário do abono PIS, pago pela Caixa a trabalhadores do setor privado

NASCIDOS EM RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
Janeiro 8 de fevereiro 29 de dezembro
Fevereiro 10 de fevereiro 29 de dezembro
Março 15 de fevereiro 29 de dezembro
Abril 17 de fevereiro 29 de dezembro
Maio 22 de fevereiro 29 de dezembro
Junho 24 de fevereiro 29 de dezembro
Julho 15 de março 29 de dezembro
Agosto 17 de março 29 de dezembro
Setembro 22 de março 29 de dezembro
Outubro             24 de março                      29 de dezembro
Novembro 29 de março 29 de dezembro
Dezembro          31 de março                    29 de dezembro

Calendário do abono Pasep, pago pelo Banco do Brasil a servidores públicos

FINAL DA INSCRIÇÃO RECEBEM A PARTIR DE RECEBEM ATÉ
0 - 1 15 de fevereiro 29 de dezembro
2 - 3 17 de fevereiro 29 de dezembro
4 22 de fevereiro 29 de dezembro
5 24 de fevereiro 29 de dezembro
6 15 de março 29 de dezembro
7 17 de março 29 de dezembro
8 22 de março 29 de dezembro
9 24 de março 29 de dezembro

Fundo PIS/Pasep

As cotas no Fundo PIS/Pasep, por sua vez, já estão liberadas para saque. Cerca de 10 milhões de trabalhadores podem realizar o saque do montante que chega a R$ 23 bilhões.

Apesar de serem diferentes, muitas pessoas confundem o abono salarial do PIS/Pasep com o Fundo do PIS/Pasep.

Isso porque enquanto o abono salarial é pago anualmente, as cotas do PIS/Pasep são pagas uma única vez na vida. Elas são destinadas a trabalhadores que possuíram carteira assinada entre os anos de 1971 e outubro de 1988.

Neste último, em caso de falecimento do trabalhador, os herdeiros podem realizar o saque. Para saber se você tem direito ao Fundo PIS/Pasep, é necessário entrar em contato com a Caixa Econômica Federal ou com o Banco do Brasil.


Mais Lidas