PENSE NA BRONCA

Mulher diz que viu 'imagens do marido e de Deus', após ser flagrada em relação sexual com morador de rua

Personal trainer flagrou mulher tendo relações com morador de rua no Distrito Federal

Marilia Pessoa Marcelo Aprígio
Marilia Pessoa
Marcelo Aprígio
Publicado em 16/03/2022 às 9:24
Reprodução
Esposo agrediu morador de rua após flagrar traição da esposa com ele - FOTO: Reprodução
Leitura:

Na quarta-feira (9), uma câmera de segurança registrou o momento em que um personal trainer agride um homem em situação de rua.

>> Entenda o caso do personal trainer que agrediu um morador de rua:

Isso ocorreu após ele flagrar a sua esposa tendo relações sexuais com o morador de rua dentro do carro. O caso aconteceu em Planaltina, Distrito Federal.

Em áudios obtidos pela TV Globo, a mulher afirmou que viu as “imagens do marido e de Deus” no rosto do homem e por isso teve relações sexuais com ele.

Segundo a mulher, ela não havia consumido bebida alcoólica e a relação foi consensual, ao contrário do que pensou o marido, que chegou a agredir o morador de rua por pensar que foi um estupro.

A mulher explicou que ela e a sogra decidiram ajudar uma pessoa em situação de rua e se separam durante o caminho.

Ela disse que foi abordada pelo morador da rua que pediu dinheiro, mas ela disse que não tinha e ele pediu para ver a bíblia dela.

Em seguida, ele teria pedido um abraço e eles se entraram no carro. O morador de rua teria começado a massagear os pés da mulher e pediu para se encontrarem em outro local.

Segundo o G1, a mulher aceitou e encontrou o homem no local que haviam combinado e começaram a ter relações.

Marido pensou ser estupro

O marido da mulher decidiu procurá-la porque ela não estava respondendo as mensagens e a encontrou com o morador de rua, que foi agredido e levado para o hospital.

A mulher e o marido dela foram encaminhados para a delegacia. A advogada do casal disse ao portal UOL que o personal teria agido em legítima defesa.

"O casal está muito abalado com tudo o que aconteceu. Não só os dois, mas o restante da família", afirmou.

*Com informações do G1, UOL e IstoÉ

17034304 17035209

Mais Lidas