polícia

Veja quem são as influenciadoras digitais presas após tiroteio deixar dois mortos em pousada de luxo

Influenciadoras digitais estavam na companhia de dois homens que foram mortos em troca de tiros com a polícia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/04/2022 às 18:28 | Atualizado em 12/04/2022 às 18:32
Notícia
Reprodução/ Internet
Influencers foram presas com cocaína - FOTO: Reprodução/ Internet
Leitura:

Duas influenciadoras digitais foram presas nesta segunda-feira (11) após uma troca de tiros entre polícia e dois homens, que acabaram mortos. Uma das vítimas fatais era namorado de uma das influencers. 

Laylla Cedraz e Adrian Grace foram presas enquanto tentavam fugir. Na caminhonete em que as duas estavam foi encontrado 1kg de cocaína. Elas estavam na pousada de luxo Paraíso Perdido, em Jaguaripe, baixo sul da Bahia, de acordo com a Polícia Militar.

Tiroteio, mortes e prisão

Nesta segunda-feira (11), moradores acionaram a Polícia Militar para informar que havia dois homens armados na Pousada Paraíso Perdido. De acordo com o portal G1, ao chegar no local, a polícia foi recebida a tiros pelos dois homens, e reagiu. 

No confronto, a dupla foi baleada. Os suspeitos chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos. Eles foram identificados como Agnaldo Leite da Silva Neto, de 29 anos, conhecido como Neto Talisca, e Felipe Augusto Machado, de 28, conhecido como Batoré.

Segundo a PM, Agnaldo era fugitivo do sistema carcerário e tinha sido preso acusado de tráfico de drogas. 

Segundo a Polícia Militar, além da cocaína encontra com as influencers, também foram apreendidos duas pistolas, uma 9mm e outra .45, um veículo Fiat Toro branco, R$202 em espécie, e outros objetos.

Quem são as influenciadoras digitais presas? 

Laylla tem 23 anos. Ela soma 43,2 mil no Instagram e atua na área de moda, sendo dona de uma marca de roupas. Layla namorava Felipe Augusto. A última foto no perfil da influenciadora é justamente um registro dela com o namorado na Pousada Paraíso Perdido. Veja:

No perfil pessoal, Layla costuma compartilhar fotos suas curtindo a vida e do seu cotidiano. 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por L A Y L L A ? (@oficiallaylla_)

Já Adrian soma 56,3 mil. Ela também atua no ramo de moda e que foram mortos por policiais militares, em um confronto, na segunda-feira (11). O perfil pessoal dela teve o status alterado para privado e apenas pessoas autorizadas podem ver as publicações.

Na descrição do perfil pessoal, Adrian escreveu: "Querer ser alguém diferente de você é um desperdício de quem você é". 

Seu perfil pessoal ainda leva para a conta da sua loja de roupas. 

Comentários

Mais Lidas