BENEFÍCIO SOCIAL

AUXÍLIO BRASIL: Parcela extra é paga em maio; veja quanto e quando irá receber no calendário Bolsa Família 2022

A parcela extra do Auxílio Brasil será paga por nove meses

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 04/05/2022 às 7:19 | Atualizado em 06/05/2022 às 8:12
Notícia
MARCELO APRÍGIO/JC
O Auxílio Brasil criado no fim de 2021 para substituir o antigo programa Bolsa Família - FOTO: MARCELO APRÍGIO/JC
Leitura:

Criado no fim de 2021 para substituir o antigo programa Bolsa Família, o Auxílio Brasil vem beneficiando mais de 18 milhões de famílias desde então.

O valor mínimo do Auxílio Brasil está, atualmente, em R$ 400. No entanto, o que muita gente não sabe é que essa quantia pode aumentar.

Isso porque, junto com o programa Auxílio Brasil, o Ministério da Cidadania libera o Benefício Composição Gestante (BCG).

O objetivo do abono é aumentar a proteção das mães e bebês ao longo da gestação, com pagamentos de R$ 65 durante nove meses.

Vale frisar que a concessão do benefício não leva em conta o estágio da gravidez ou se o pré-natal já foi iniciado.

Desta maneira, mesmo gestantes com a gravidez em andamento podem receber as nove parcelas integralmente.

PARCELA EXTRA DO AUXÍLIO BRASIL

Desta maneira, mesmo gestantes com a gravidez em andamento podem receber as nove parcelas integralmente.

QUEM TEM DIREITO À PARCELA EXTRA DO AUXÍLIO BRASIL?

Para receber o benefício, é necessário que a gestante esteja registrada no pré-natal da rede de saúde ou no Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica, ou ainda no Sistema do Programa Auxílio Brasil na Saúde.

Além disso, a mulher gestante precisa integrar uma família que possui uma renda per capita mensal inferior à linha da pobreza, ou seja, menor que R$ 105,01.

..

No entanto, também são incluídas as famílias em regra de emancipação.

Desta forma, a renda per capita mensal familiar varia entre R$ 100 e R$ 500. No mais, é preciso estar inscrita no CadÚnico e ser beneficiária do Auxílio Brasil.

Comentários

Mais Lidas