DINHEIRO

VALORES A RECEBER TEM CONSULTA ADIADA: veja novas regras e liberação do 'dinheiro esquecido'

O dinheiro esquecido em bancos soma mais de R$ 4,1 bilhões nesta segunda fase.

Gustavo Henrique
Gustavo Henrique
Publicado em 05/05/2022 às 17:07 | Atualizado em 05/05/2022 às 17:09
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
PIS; PIS/Pasep; PIS 2022; Calendário PIS; Consultar PIS - FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Leitura:

O sistema de VALORES A RECEBER segue sem operar. É que a consulta foi adiada por parte do Banco Central e muitos internautas buscam uma resposta.

O fato é que a nova fase de consulta do 'dinheiro esquecido' foi adiada. Quem acessa o portal acaba recebendo a seguinte mensagem:

"As consultas ao Sistema de Valores a Receber (SVR) estão temporariamente suspensas para aprimoramento. Em breve, o Banco Central divulgará: a data de reabertura do sistema para novas consultas e resgate dos saldos existentes; e informações sobre valores de falecidos. Enquanto isso, estamos trabalhando em melhorias do SVR e na inclusão de novos valores."

Valores a receber; Valores a receber Banco Central

O Sistema Valores a Receber é o termo utilizado para caracterizar a quantia que foi esquecida em contas-correntes ou poupança.

Também fazem parte do sistema valores cobrados indevidamente em tarifas de crédito.

O dinheiro esquecido em bancos soma, nesta segunda fase, mais de R$ 4,1 bilhões.

De onde vem o dinheiro esquecido Banco Central?

O dinheiro esquecido Banco Central tem origem de:

  • Contas-correntes ou de poupança encerradas, com saldo disponível;
  • Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito;
  • Recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados. 

Valores a receber.bcb.gov.br; como consultar valores a receber

Para consultar dinheiro esquecido nos bancos basta acessar a nova plataforma do Banco Central (BC).

A consulta do dinheiro esquecido estava prevista para ser liberada nesta segunda-feira (2), no entanto, foi adiada devido à greve dos servidores do Banco Central.

As consultas e solicitações de resgates estão "temporariamente suspensas para aprimoramento", segundo informa o site do próprio Banco Central.

É importante lembrar que quem já realizou a consulta inicial recebeu uma data específica para retornar ao site do valoresareceber.bcb.gov.br.

Caso você ainda não tenha feito, basta acessar o site do valoresareceber.bcb.gov.br e fazer a consulta valores a receber usando o número do CPF e a data de nascimento.

Para consultar dinheiro esquecido é preciso ter acesso à conta Gov.br, nível prata ou ouro. 

Após realizar a consulta inicial você deve:

  • Acessar o site valoresareceber.bcb.gov.br na data previamente informada;
  • Fazer o login;
  • Consultar alguma das opções: valor a receber; a instituição que deve devolver o valor; a origem do dinheiro esquecido;
  • Clicar na opção "Solicitar por aqui", para receber via Pix, ou na opção "Solicitar via instituição" para entrar em contato e combinar qual será a instituição de sua escolha.

Novas regras Valores a Receber

sistema Valores a Receber estabeleceu algumas mudanças após a conclusão da primeira fase de resgate. Veja quais são:

  • Não será preciso realizar agendamento. Portanto, o cidadão poderá pedir o resgate dos recursos no momento da primeira consulta;
  • O sistema contará com novas informações repassadas pelas instituições financeiras. Ou seja, quem não tinha valores a receber na primeira etapa deve consultar novamente o Sistema, pois os dados serão atualizados e pode haver novos recursos disponíveis.

Como sacar o dinheiro esquecido? 

Após realizar a consulta inicial, veja abaixo como sacar valores a receber:

  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br na data previamente informada;
    Faça o login;
  • Consulte alguma das opções: valor a receber; a instituição que deve devolver o valor; a origem do dinheiro esquecido;
  • Clique na opção "Solicitar por aqui", para receber via Pix, ou na opção "Solicitar via instituição" para entrar em contato e combinar qual será a instituição de sua escolha.

Mais Lidas