CHUVA

Problema de déficit habitacional no Recife trava o direito à moradia digna para a população

Sem condições de pagar aluguel, muitas pessoas são obrigadas a morar em áreas de risco

Max Augusto
Max Augusto
Publicado em 02/06/2022 às 16:04
Notícia
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
O peso do aluguel no déficit habitacional. Edifício que estava abandonado na Av. Martins de Barros foi invadido por pessoas sem teto. - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM

O direito à moradia é assegurado pela Constituição Federal de 1988, devendo ser garantido tanto governo federal, estados e municípios. Entretanto, na prática, muitas vezes esse direito não é cumprido. No Recife, o déficit habitacional hoje chega a 75 mil moradias e, devido a isso, muitas pessoas se veem obrigadas a morar em áreas de risco.

Com as chuvas que atingem o estado desde a semana passada, diversas famílias perderam suas residências. E esse problema levantou a questão sobre como as famílias desabrigadas e desalojas, pelo maior desastre da história de Pernambuco, serão devidamente assistidas.

Mais detalhes na reportagem de Maria Luna:

 

Comentários