AUXÍLIO EMERGENCIAL

AUXÍLIO EMERGENCIAL 2022: Inscrições estão abertas em 2022? DATAPREV libera consulta com parcelas de até R$ 3 mil

Saiba se recebe o Auxílio Emergencial em 2022, com valores que podem chegar a R$ 3 mil

Flávio Oliveira
Flávio Oliveira
Publicado em 11/07/2022 às 15:46 | Atualizado em 11/07/2022 às 15:48
MARCELLO CASAL JRAGÊNCIA BRASIL
Saque do auxílio emergencial - FOTO: MARCELLO CASAL JRAGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Criado após o surgimento da pandemia de Covid-19, o Auxílio Emergencial foi pago até outubro de 2021. Porém, ainda existem beneficiários que podem receber valores referentes a ele.

A consulta desse dinheiro, inclusive, está disponível. Abaixo, veja como realizar a consulta e saiba se tem direito a receber novas parcelas do benefício, que podem chegar a R$ 3.000.

AS INSCRIÇÕES PARA O AUXÍLIO EMERGENCIAL ESTÃO ABERTAS EM 2022?

É importante lembrar que o Auxílio Emergencial que está sendo pago neste ano não corresponde a uma continuidade do programa.

Isso significa que não existem novas parcelas de um Auxílio Emergencial 2022 e um novo grupo de pessoas não pode fazer inscrições para receber o benefício este ano.

As parcelas liberadas são as do Auxílio Emergencial de 2020 que ainda não foram pagas a um determinado grupo. Saiba quem faz parte do grupo ainda nesta matéria.

QUEM PODE RECEBER O AUXÍLIO EMERGENCIAL EM 2022?

Os novos pagamentos do Auxílio Emergencial estão sendo feitos aos pais solteiros chefes de família monoparental.

Isso porque, durante a vigência do Auxílio Emergencial, eles não receberam as parcelas duplas de R$ 1.200, como as mães solteiras receberam, graças ao veto do presidente Jair Bolsonaro.

Agora, em 2022, este valor está sendo pago após o veto ser derrubado no Congresso Nacional.

DATAPREV AUXÍLIO EMERGENCIAL; VALOR DO AUXÍLIO EMERGENCIAL EM 2022

Em 2022, os novos repasses do Auxílio Emergencial consideram apenas as primeiras cinco parcelas pagas pelo programa entre abril e agosto de 2020. O valor concedido era de R$ 600 à época.

Assim, o valor do Auxílio Emergencial 2022 pode somar até R$ 3 mil, conforme o período em que começou a receber o benefício.

Reprodução: Dataprev
Forma de fazer consulta do Auxílio Emergencial pela DATAPREV mudou. - Reprodução: Dataprev

Quem recebeu os cinco meses, começando de abril do ano em que o Auxílio Emergencial estava ativo, recebe agora R$ 3 mil.

Para quem começou a receber o Auxílio Emergencial em outros meses, o pagamento agora fica assim:

  • Recebeu em maio: tem direito a R$ 2.400 agora;
  • Recebeu em junho: tem direito a R$ 1.800 agora;
  • Recebeu em julho: tem direito a R$ 1.200 agora;
  • Recebeu em agosto: tem direito a R$ 600 agora.

DATAPREV CONSULTA; CONSULTA DATAPREV AUXÍLIO EMERGENCIAL

A consulta Auxílio Emergencial Dataprev conta com novas definições. Antes, a consulta Dataprev podia ser feita apenas com o CPF, a data de nascimento e o nome completo do usuário.

Mas agora a consulta Auxílio Emergencial precisa ser realizada através de uma conta Gov.br. 

A conta Gov.br para consultar Auxílio Emergencial é uma identificação que comprova em meios digitais que você é você.

É possível se identificar com segurança na hora de acessar serviços digitais. A conta Gov.br é gratuita e está disponível para todos os cidadãos brasileiros.

NÚMERO PARA CONSULTAR AUXÍLIO EMERGENCIAL

O telefone do Auxílio Emergencial segue o mesmo. O atendimento telefônico sobre o processo de pagamento é realizado pela Caixa Econômica Federal pelo número 111.

CONSULTA AUXÍLIO EMERGENCIAL 2022; SITE OFICIAL AUXÍLIO EMERGENCIAL 2022

Portanto, será preciso criar uma conta Gov.br para realizar a consulta Auxílio Emergencial

>>> Clique aqui para realizar a consulta Auxílio Emergencial.

Agência Brasil
Auxílio Brasil; Auxílio Brasil 600; Aumento do Auxílio Brasil; Calendário Bolsa Família; Calendário Auxílio Brasil - FOTO:Agência Brasil
Reprodução / Dataprev
Cidadão pode consultar a situação do CadÚnico pela Dataprev de duas maneiras diferentes: com uma conta Gov.Br, ou com CPF - FOTO:Reprodução / Dataprev
Reprodução: Dataprev
Forma de fazer consulta do Auxílio Emergencial pela DATAPREV mudou. - FOTO:Reprodução: Dataprev

Mais Lidas