Exclusivo

Paulo Câmara vai pedir empréstimo de US$ 210 milhões aos BRISCs. Saiba para que

Tentativa de empréstimo é com o Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS (NDB/BRICS)

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 05/08/2022 às 14:50 | Atualizado em 05/08/2022 às 14:51
HRegis/SEI
Paulo Câmara, no Centro de Convenções, com professores - FOTO: HRegis/SEI
Leitura:

O Blog de Jamildo revelou, nesta tarde, que o governador Paulo Câmara (PSB), mesmo na reta final do mandato, está buscando um novo grande empréstimo para alavancar as obras do Governo de Pernambuco.

Desta vez, o empréstimo é com o Novo Banco de Desenvolvimento do BRICS (NDB/BRICS), banco internacional criado por Brasil, Rússia, Índia, China e Africa do Sul.

O valor do empréstimo visado é de US$ 210.124.000,00 (duzentos e dez milhões e cento e vinte e quatro mil dólares). Ou seja, mais de 1 bilhão de reais.

O produto da operação de crédito será aplicado exclusivamente na execução do “Programa de Eficientização e Expansão do Saneamento de Pernambuco – PEX/PE”, a cargo da Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA.

Ou seja, as obras de expansão de saneamento da COMPESA, estatal de águas e esgoto de Pernambuco.

Poderão ser beneficiados, segundo o governador, 23 municípios.

"Referido Programa, executado pela Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa, traz um conjunto de ações voltadas à expansão e ao aumento da eficiência operacional dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, atingindo direta e indiretamente 23 (vinte e três) municípios do nosso Estado, com potencial de beneficiar mais de dois milhões de pessoas", explica Paulo Câmara, no projeto.

Trâmite da busca do empréstimo

Apesar de Paulo Câmara encerrar o mandato em 31 de dezembro, o Governo do Estado ainda tem um longo caminho para concretizar o empréstimo.

Primeiro, precisa da aprovação do projeto de lei 3581/2022 pelos deputados estaduais.

Segundo, precisa de autorização do Senado Federal e do Ministério da Economia.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
O governador Paulo Câmara, em solenidade pública - FOTO:BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

Mais Lidas