Aids, 40 anos


Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/12/2021 às 12:30
Entrevista
Leitura:

 

Debate da Super Manhã: Os primeiros casos de Aids foram descritos pela medicina em 1981. Dois anos depois, o mundo estava em pânico, por cogitar que o contágio poderia ocorrer pelo ar ou por utensílios domésticos compartilhados. Muito se avançou desde então, em relação ao conhecimento sobre a infecção, aos tratamentos e às formas de prevenção. Mesmo assim, cerca de 680 mil pessoas morreram de doenças relacionadas à síndrome no ano passado. E, apesar da difusão de informações sobre o assunto, cidadãos que convivem com o vírus H-I-V ainda precisam lidar, muitas vezes, com o preconceito. No debate desta quarta-feira(15), o comunicador Wagner Gomes conversa com especialistas sobre o que mudou em 40 anos de Aids no mundo e o que ainda precisa mudar. Participam do debate o gerente do Programa Estadual de IST/Aids/Hepatites Virais da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, a assessora jurídica da ONG Gestos - Soropositividade, Comunicação e Gênero Kariana Guérios e a médica epidemiologista, professora da Universidade de Pernambuco e pesquisadora da Fiocruz-PE Ana Brito.