E se fosse Carnaval?


jc
jc
Publicado em 01/03/2022 às 13:16
Notícia
Leitura:

Debate da Super Manhã: Um dos maiores festejos da cultura brasileira, que tem Pernambuco entre os principais pólos de comemoração, teria hoje a participação de milhões de foliões. O período também é tradicionalmente marcado pela circulação de inúmeros turistas, que costumam quase lotar a rede hoteleira no estado, além de elevar o consumo em bares e restaurantes. Mas, pelo segundo ano consecutivo, a folia de Momo não está sendo realizada em terras pernambucanas. A medida, como no ano passado, busca evitar a propagação do coronavírus e combater a pandemia. No debate desta terça-feira, o comunicador Wagner Gomes conversa com representantes de setores da economia que têm destaque no período carnavalesco, para saber como está a movimentação nesta fase e como estaria se fosse Carnaval. Participam: o Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco - ABIH/PE, Eduardo Cavalcanti, o Presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Pernambuco - Abrasel/PE, André Araújo, e o Presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos em Pernambuco – ABRAPE/PE, Waldner Bernardo.