MOVIMENTO

Carência afetiva foi tema da coluna Psicologia em Movimento

O psicólogo Sylvio Ferreira falou sobre carência afetiva no programa Movimento Cultural

Débora Laryne dos Santos
Débora Laryne dos Santos
Publicado em 26/09/2019 às 20:22
Reprodução da internet.
FOTO: Reprodução da internet.
Leitura:

Embora seja inteiramente verdade que a vida não se reduz aos seus aspectos afetivos, tão somente; por sua vez, é bem verdade, também, que os afetos ocupam uma posição central nas nossas vidas. Na dependência de como afetivamente nos sentimos, podemos achar que estamos no céu ou no inferno.

Levando-se em conta que ninguém é uma ilha, se sentir de um jeito ou de outro implica sempre em determinado sentimento que nos acomete na relação com alguém. Marcelo Araújo conversou sobre o assunto com o psicólogo Sylvio Ferreira na coluna Psicologia em Movimento.

Ouça a coluna na íntegra:

Mais Lidas