movimento

Psicologia em Movimento: as redes sociais e o preço de ser aceito

O colunista Sylvio Ferreira falou sobre o tema no programa Movimento Cultural

Emanuelle Patricia Barros de Lima
Emanuelle Patricia Barros de Lima
Publicado em 01/11/2021 às 21:51
Reprodução Internet
FOTO: Reprodução Internet
Leitura:

Na sociedade do espetáculo e num mundo onde a imagem adquiriu um valor supremo na realidade virtual, a regra é clara: se invente, reinvente, seja aceito, faça sucesso, forme filas e mais filas de seguidores, receba dezenas e incontáveis aprovações vituais e seja feliz, sentindo-se poderoso e realizado com tamanha aceitação ou poder de influência.

A expressão ser aceito, contemporaneamente, deixou de significar ser aceito pelos pais, pelos amigos, pelos conhecidos, pela vizinhança, em fim, por aquelas pessoas que faziam parte dos nossos círculos de relacionamentos, diretos e indiretos.

E foi sobre as redes sociais e o preço de ser aceito que o apresentador Marcelo Araújo conversou com o psicólogo Sylvio Ferreira na coluna Psicologia em Movimento.

ouça a coluna na íntegra:

Mais Lidas