LEITURA

JÔ SOARES: "O xangô de Baker Street" e outros títulos de Jô Soares em vida, confira

Saiba quais as obras autorais de Jô Soares, antes da sua morte.

Amanda Marques
Amanda Marques
Publicado em 05/08/2022 às 13:08
Reprodução.
Confira os livros de Jô Soares. - FOTO: Reprodução.
Leitura:

A morte de Jô Soares, de 84 anos, abalou o Brasil, nesta sexta-feira (05). A perda do apresentador, ator, humorista, foi também um escritor com best-seller

Com a carreira na televisão brasileira, o José Eugênio Soares teve seu próprio espaço em programas como "Programa do Jô", encerrado em 2016. Além disso, o humorista também realizou o "Jô Soares Onze e Meia", na SBT

Reprodução.
Confira os livros escritos por Jô Soares em vida. - Reprodução.

Apesar da presença consolidada de Jô nas telas, esse também era escritor. Dessa forma, confira os principais livros do escritor Jô Soares.  

JÔ SOARES: 6 livros principais do artista 

O xangô de Baker Street

Um dos mais famosos entre os livros de Jô Soares, "O Xangô de Baker Street" também chegou nas telas do cinema. 

Confira o livro de Soares. 

O Homem que Matou Getúlio Vargas 

Outro sucesso da carreira de Jô Soares como escritor foi "O Homem que Matou Getúlio Vargas", livro que narra uma história fictícia de um assassino profissional que tem como alvo preferido os líderes políticos. 

As esganadas

Seguindo a sequência de romances policiais, essa obra do escritor acontece no Rio de Janeiro em meio ao Estado Novo e os prelúdios de uma Segunda Guerra Mundial. O livro de Jô Soares tem o núcleo narrativo voltado para um assassino com motivações psicológicas e uma polícia espalhafatosa que não consegue encontrar o  verdadeiro criminoso. 

Assassinatos na Academia Brasileira de Letras

Em 1924, a ideia de um serial killer literário na Academia Brasileira de Letras era o que causava pânico das principais figuras administrativas. Sem sangue e sem rastros, Jô Soares mistura a história de um antigo Rio de Janeiro, com a propriedade de quem já viveu na época, e o mistério investigativo dos assassinatos. 

A copa que ninguém viu e a que não queremos lembrar

Nesta obra, Jô Soares, Roberto Muylaert e Armando Nogueira se atentam para uma das maiores dores de brasileiros que acompanham a seleção brasileira: a dor da perda. A copa do mundo de 54 e 50 serão retratadas de uma forma diferente, sem rancor ou ódio, mas sim como uma passagem para a taça Jules Rimet. 

Humor Nos Tempos Do Collor

De relevância histórica, o título que também é escrito por Jô Soares retrata desde a posse de Fernando Collor, 32º Presidente do Brasil, até o processo conturbado de impeachment. Com charges e crônicas, os autores consegue contar de forma cômica sobre o contexto político e histórico do Brasil. 

Confira informações sobre a morte de Jô Soares

 

*Nota de transparência: quando você compra por meio de links em nosso site, podemos receber comissão de afiliados.

 


Reprodução.
Confira os livros escritos por Jô Soares em vida. - FOTO:Reprodução.

Mais Lidas