MasterChef Brasil

Participante do 'MasterChef Brasil' revela ter sofrido mais de 18 abortos

Paraskevi Kotta, única participante grega do programa, deu uma entrevista e falou um pouco sobre o assunto

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 14/07/2022 às 17:00 | Atualizado em 14/07/2022 às 18:38
Notícia
Divulgação/ Band TV
Paraskevi Kotta revela ter sofrido mais de 18 abortos - FOTO: Divulgação/ Band TV
Leitura:

Paraskevi Kotta, uma das participantes presentes nesta temporada do "MasterChef Brasil", revelou durante entrevista que sofreu mais de 18 abortos em tentativas de ter filhos. A cozinheira grega, que está chamando bastante atenção no reality culinário, comentou um pouco sobre o verdadeiro motivo de ter passado por situações difíceis

>> MASTERCHEF: Entenda o motivo do chef Henrique Fogaça ter sido afastado do programa

Participante revela ter sofrido mais de 18 abortos

Em uma entrevista com a emissora "Band", Paraskevi explicou que o motivo dos abortos era por causa de uma rara síndrome que a impossibilitava de concluir uma gestação

"Sempre quisemos ter muitos filhos, porque amamos o valor da família. Falávamos desde o começo em quatro filhos, mas, infelizmente, tive muitos abortos. Muitos. Foram mais de 18 abortos", iniciou.

"Depois pensei, a vida não é só estar casada ou ter filhos. Para a gente não era para ter filhos, mas tenho mais de 18 filhos de coração e isso acho muito bonito", continuou.

>> Ex-MasterChef Paola Carosella comenta possibilidade de volta para a TV: 'Algo que não envolva cozinha'

A grega ainda explicou que realizou diversos tratamentos para concluir a gestação, mas descobriu ser portadora de uma rara síndrome. Mesmo não revelando o nome, Paraskevi disse que a doença faz com que ela produza uma taxa elevada de anticorpos.

"É por isso que quase não fico doente, por exemplo. Fiz tudo o que precisava para ter um filho e tratamentos com os melhores médicos da Grécia. Eu gerava o bebê e depois sofria o aborto. Era um aborto muito rápido, às vezes de gêmeos. Quando eu ficava grávida, o meu corpo achava que não era algo bom", concluiu.

Com informações do site Metrópoles*

Comentários

Mais Lidas