TELEVISÃO

CASO DANIELLA PEREZ: Fotos brutais da atriz assassinada foram cedidas para a produção da série

Glória Perez, mãe da vítima explicou que imagens não deixam dúvidas da violência do crime que tirou a vida de sua filha há 30 anos

Anderson Alves
Anderson Alves
Publicado em 26/07/2022 às 17:34 | Atualizado em 26/07/2022 às 17:37
Reprodução/HBO Max
A autora Glória Perez e sua filha assassinada em 1992 - FOTO: Reprodução/HBO Max
Leitura:

Além de retratar o sofrimento da vítima e dos familiares e amigos diante do caso de assassinato da atriz Daniella Perez, segundo a mãe da vítima, Glória Perez, a série documental que estreou na plataforma de streaming HBO Max, tem o intuito de resgatar os fatos e a brutalidade em que a vida de Daniella foi tirada.

Com o nome 'Pacto Brutal: o assassinato de Daniella Perez', a produção desvenda os mistérios por traz da morte da filha de Glória Perez que ocorreu no ano de 1992.

O assassinato se tornou um dos crimes mais rumorosos do Brasil.

Daniella, com 22 anos, foi morta à facadas, na noite de 28 de dezembro de 1992 pelo seu colega de elenco da novela escrita por sua mãe, 'De Corpo e Alma', Guilherme de Pádua e pela esposa dele, Paula Thomaz

Durante as investigações e anos depois do crime, Glória Perez luta para expor o corrido e os culpados, como forma de justiça. Com o sucesso da série "Pacto Brutal", Perez encontra mais um meio de expor o crime.

Em entrevista ao Portal UOL, a escritora contou ter entregue à produção do documentário todos os arquivos e também as fotos do caso. Segundo Glória, os registros são bastante explícitos e mostram a  violência sofrida pela atriz.

Na série, é inclusive relatado que parte do coração de Daniella ficou à mostra com tamanha agressividade.

Reprodução/HBO Max
Foto mostra local em que Daniella Perez foi assassinada - Reprodução/HBO Max

"Se você quer contar essa história, tem que mostrar o que eles fizeram (...) O que me incomoda é que esse crime tenha sido cometido e que tenha sido tratado da maneira que foi. Eu acho que as fotos não deixam minimizar nada.", explica a escritora.

Em uma das versões dada à polícia, Guilherme de Pádua alegou que matou Daniela para se defender.

Para Glória, o caso foi noticiado pela imprensa de forma errada, por varias vezes sendo classificado como um crime "passional", com Guilherme de Pádua afirmando que a morte da atriz teria sido um acidente.

Veja tudo o que se sabe sobre o assassinato de Daniella Perez

REPRODUÇÃO
Daniella Perez e Gloria Perez - FOTO:REPRODUÇÃO
Reprodução/HBO Max
Foto mostra local em que Daniella Perez foi assassinada - FOTO:Reprodução/HBO Max

Mais Lidas