ÁRBITRO DE VÍDEO

Campeonato Pernambucano pode ter o VAR apenas no mata-mata

Segundo Evandro Carvalho, presidente da FPF, a tecnologia só será usada nas partidas decisivas

Publicado em 07/11/2019 às 15:25
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

Com a classificação do Retrô e do Decisão, o Campeonato Pernambucano já conhecem todos os seus integrantes da próxima edição da competição. Agora, outra importante definição deve ser tomada: o implemento do Árbitro Assistente de Vídeo (VAR). Em entrevista à Rádio Jornal, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, falou sobre como anda os preparativos para o uso da tecnologia já em 2020.

Ouça a entrevista na íntegra aqui.

“Estamos cuidando da rodada de negociação de patrocínio buscando os recursos necessários que nos permitam colocar o VAR de forma subsidiada, buscando patrocínio indireto e que eles arquem com essas despesas. Se nós conseguimos custear o VAR na primeira divisão será uma vitória”, disse o presidente.

O VAR já foi utilizado no Pernambucano, sendo a primeira competição a utilizar o auxílio de vídeo durante uma partida oficial, mas que renderam polêmicas. Na oportunidade, Sport e Salgueiro disputavam o título do estadual e um gol da equipe do interior foi anulada, mas houveram discordâncias da decisão da arbitragem.

 

VAR só no mata-mata

Para a próxima temporada, o presidente da FPF explicou que o VAR será utilizado apenas nas fases de mata-mata por serem apenas jogos decisivos.

“A ideia da Federação é que tenha o VAR em todos os jogos do segundo-turno. A primeira fase como é uma fase de pontos corridos, o erro é contornável porque são partidas sequenciais e não uma ou duas partidas que vai decidir. A ideia de federação é que toda rodada que for mata-mata ela tenha VAR e nós estamos buscando recurso para isso para que os clubes não arque com as despesas”, explicou.

Mais Lidas