SPORT

Fifa adia prazo e Sport ganha tempo para solucionar "Caso André"


Sport também se preocupa com as questões na CNRD

Publicado em 30/03/2020 às 12:13
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Que a situação das dívidas do Sport não está fácil todo mundo sabe e com a paralisação das atividades devido à pandemia do novo coronavírus esse problema deve ampliar ainda mais o caos financeiro do clube. No entanto, uma notícia positiva para amenizar uma das principais preocupações do momento da atual gestão que é uma possível sanção da Fifa.

Em entrevista para Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o presidente do Sport, Milton Bivar, confirmou o adiamento do prazo estabelecido pela Fifa para quitar a dívida de R$ 5,5 milhões do clube com o Sporting-POR pela compra do atacante André em 2017.

Ouça a entrevista na íntegra:

“Hoje eu recebi uma determinação da Fifa, entre uma dessas determinações, está a prorrogações advindas dessas questões jurídicas levadas para o fórum de justiça da Fifa. Essa prorrogação vai ser automática", afirmou Milton sem confirmar uma nova data limite, que deve ser estabelecida quando a pandemia do coronavírus for amenizada.

Mais problemas

A Fifa tinha estabelecido que a data limite do pagamento seria o dia 18 de abril. Agora com o prazo prorrogado, a diretoria ganhou oxigênio novo para também focar em outras situações que também vêm preocupam o clube, entre elas a questões da Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD).

Nordestão Cast:

“Tem chegado (cobrança de dívidas) e o mais preocupante é a quantidade que existe na CNRD que é muito alto. É preocupante porque vem com sanções de inscrições e muito mais. Esse é momento de alerta e a situação do Sporting que também está nos preocupando”, disse o presidente que completou falando sobre as receitas que continuam entrando no clube.

“As que já estavam programadas e da Rede Globo estão sendo cumpridas”, finalizou.

Apesar dos patrocínios estarem em dia, Milton também revelou que o quadro de sócios do Sport teve uma queda nesta interrupção nas atividades no clube e trata como fundamental a fidelidade do torcedor para a sobrevivência da instituição Sport Club do Recife.


Mais Lidas