Vice-presidente do Náutico avalia possível sede única no Pernambucano e no Nordestão

Diógenes Braga exaltou o elenco alvirrubro para conseguir resultados nas duas competições

NÁUTICO
Vice-presidente do Náutico avalia possível sede única no Pernambucano e no Nordestão

Vice-presidente de futebol do Náutico, Diógenes Braga, destacou o retorno de alguns atletas para reforçar a equipe quando os jogos retornarem. - Foto: Léo Lemos/Náutico

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

A Copa do Nordeste e o Campeonato Pernambucano podem ser definidas em sede única. Nas duas competições o Náutico ainda briga para confirmar as classificações para as fases finais na última rodada, já que no Regional, o Timbu briga para garantir a vaga nas quartas de final, enquanto no Estadual quer confirmar o mando de campo ao menos no primeiro jogo do mata-mata.

Apesar do cenário, o Náutico corre riscos de ser ultrapassado pelas outras equipes. Já que na Copa do Nordeste, o Timbu enfrenta o Bahia e no Campeonato Pernambucano o adversário é o Salgueiro. Em entrevista para a Rádio Jornal, o vice-presidente alvirrubro, Diógenes Braga, avaliou a possível definição das competições em  sede única, mesmo com Náutico tendo chances de ser desclassificado.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

“Eu acho que a gente tem que buscar a melhor forma de completar os campeonatos. Nesse momento o interesse particular de cada clube tem que ficar de lado. Para finalizar as competições terá que abrir mão de algumas coisas. A gente sempre vai querer jogar nos Aflitos, mas se for necessário abrir mão disso para se concluir os campeonatos, nós vamos abrir mão. Não é um momento de se fazer exigências”, afirmou Diógenes.

Confiança no elenco

O Náutico chegou a liderar as competições durante algumas rodadas. No entanto, na reta final antes da paralisação, o time teve uma queda de rendimento, adiando assim as definições das próximas fases. Diógenes Braga justifica o mau desempenho nos últimos jogos devido as lesões de atletas importantes na equipe.

“Tivemos uma conversa com elenco na reapresentação e falei para eles que o grupo tinha muita personalidade e eles tinham condições de buscar os resultados. O maior exemplo é o jogo contra o Paysandu e CRB, e que eles treinassem não só com o alívio de voltar a trabalhar, mas também com as nossas responsabilidades nos campeonatos e das decisões que a gente vai ter. Acredito muito no nosso elenco”, afirmou o dirigente.

“Quando teve a paralisação, a gente não tava com um bom rendimento, mas a gente estava com nove atletas no DM (Departamento Médico). Quando a gente estava com vários atletas a disposição, a gente estava com uma classificação muito boa na Copa do Brasil e éramos líder no Pernambucano e na Copa do Nordeste, mas depois do ABC sofremos. A gente se vê numa situação de fortalecimento do elenco. Temos um elenco bom, forte e confiamos demais neles”. encerrou.

Classificação

Na Copa do Nordeste, o Náutico estava em terceiro do Grupo B, com 11 pontos conquistados e pode perder a classificação para o Santa Cruz que está em quinto com 10 pontos. Já no Campeonato Pernambucano, o Náutico já está classificado para as quartas de final, mas quer garantir o mando de campo para a disputa da partida, e se encontra na quarta colocação com 12 pontos.

Lembrando que, pelo regulamento do Pernambucano, os dois primeiros colocados (Santa Cruz e Salgueiro) já estão garantidos nas semifinais, e os times que terminarem entre a terceira e sexta colocação disputam as quartas de final. Já as outras equipes realizam um quadrangular para definir os dois rebaixados.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.