SPORT

Ex-técnico do Sport explica preferência por prata da casa na lateral esquerda


Daniel Paulista também revelou o motivo de não utilizar o prata da casa em mais jogos

Publicado em 02/09/2020 às 14:45
Bobby Fabisak/JC Imagem
FOTO: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

Durante sua passagem no Sport, o técnico Daniel Paulista promoveu algumas mudanças de peças que eram usados pelo seu antecessor, Guto Ferreira. Entre elas, a alteração de maior peso que foi na lateral-esquerda com a utilização de Luciano Juba no lugar do até então capitão Sander, que vinha sendo criticado pela torcida em suas atuações.

Em entrevista para Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, Daniel Paulista explicou o motivo da preferência do prata da casa em detrimento de Sander. “Minha avaliação é em termo técnico do que é melhor para a equipe. Desde o retorno da pandemia nós já acenamos com a titularidade voltada para Luciano Juba, que vinha treinando muito bem, e a gente entendia que o Luciano Juba era o melhor para a equipe naquele momento. O Sander um atleta muito profissional, com serviços prestados ao clube, mas no momento a gente entendia que o Luciano era a melhor opção”, disse Daniel.

Ouça a entrevista na íntegra:

Apesar de Juba vir desempenhando um bom nível nos treinamentos, Sander foi titular em quatro dos cinco jogos comandado por Daniel Paulista. Porém, segundo o ex-técnico do Sport, Luciano Juba ficou impossibilitado de ser utilizado em mais jogos. O prata da casa só atuou no empate contra o Atlético-GO e foi titular na derrota contra o Santos.

“Luciano é um jogador vindo da categoria de base, e teve dois problemas. Um de covid-19 e depois acabou adoecendo, porque é um atleta que precisa de um condicionamento físico melhor, que tomou a chuva no jogo contra o Santos e teve o desgaste do jogo. No outro dia adoeceu e contra o São Paulo não pôde jogar. É um atleta que na nossa avaliação demonstrava potencial para sustentar a posição”, encerrou Daniel Paulista.

PODCAST NA CARA DO GOL


Mais Lidas