Depressão, reviravolta e futuro no Santa Cruz: Entrevista exclusiva com volante Paulinho

‘’A nossa história está no começo’’, afirmou  o volante, que teve contrato renovado até 2020 com o Santa Cruz

FUTEBOL
Depressão, reviravolta e futuro no Santa Cruz: Entrevista exclusiva com volante Paulinho

Paulinho é um dos destaques do Santa Cruz na temporada e renovou contrato até 2022 - Foto: Santa Cruz/Divulgação

Robert Sarmento

Aos 31 anos, o volante Paulinho chegou ao Santa Cruz com o aval do torcedor. Quando a contratação foi anunciada, a torcida elogiou a contratação através das redes sociais. Foi o prenúncio de uma boa relação. O volante é considerado um dos pilares na caminhada para deixar o Campeonato Brasileiro da Série C. Recentemente, o clube coral anunciou a renovação de contrato do jogador até 2022 e mais elogios surgiram. 

>>Rádio Jornal lança podcast voltado para Náutico, Santa Cruz e Sport

Em entrevista exclusiva ao repórter João Victor Amorim, o volante coral revelou que passou por depressão e fez uma prospectiva sobre o futuro no clube tricolor. ''Uma sensação que dá confiança para qualquer atleta se adaptar em um novo ambiente. ‘’Jamais imaginei vivenciar o que vivo aqui. Um clube que me acolheu, me deu suporte, a torcida me deu carinho, e é recíproco. A gente procura retribuir dentro de campo para que conseguir os objetivos. O Santa de maneira nenhuma merece estar na Série C’’, afirmou Paulinho. 

Entrevista exclusiva com Paulinho, volante do Santa Cruz

#Exclusivo l Carreira, emoção e respeito! O repórter João Victor Amorim conversou com o volante Paulinho e o atleta abriu o coração. Um dos destaques do Santa Cruz na temporada, o jogador chorou ao revelar que sofreu depressão, elogiou o técnico Itamar Schülle, detalhou os bastidores do clube e fez uma prospectiva sobre o futuro após renovar contrato até 2022. #SantaCruz #RádioJornal #EscretedeOuro #Futebol Publicado por Rádio Jornal em Domingo, 6 de setembro de 2020

Depressão e reviravolta na vida e carreira

Após começar no Internacional, Paulinho passou por alguns clubes do Internacional, Paulinho passou por Ponte Preta, Criciúma, Náutico, Atlético Goianiense e clubes do Interior de São Paulo, onde o jogador revelou que passou por um momento difícil, mas que com a ajuda da esposa e a chegada das filhas superou a dificuldade.  

‘’Ela entrou no momento muito difícil da minha vida. Estava com depressão, em 2012 para 2013, e desviado da igreja. Estava no Botafogo-Sp, e ela entrou na minha vida para mudar. De lá para cá mudou totalmente. Minhas filhas vieram ao mundo e também contribuíram para a minha mudança’’, se emocionou o volante.

A experiência na vida faz com que Paulinho aconselhe os garotos mais jovem do elenco tricolor para que eles não repitam os mesmos erros e entendam que é preciso focar no futebol. A maturidade adquirida tem papel fundamental na regularidade.

‘’Em um certo momento da nossa vida, a gente se deixa levar pela emoção. A gente acha que o dinheiro nunca vai acabar e que a ‘farra’ não vai atrapalhar dentro de campo. Já tive problema de chegar atrasado, faltar treino. A cabeça hoje está boa e a gente tem usado isso para os mais novos. Tem que entender que o futebol passa muito rápido e torcer para que o meninos não acordem tarde’’, revelou. 

Propostas recusadas e futuro no Santa Cruz

Com 22 jogos e dois gols pelo Santa Cruz, até o momento, Paulinho se tornou o jogador um dos líderes do grupo coral. Sem empresário, o volante recebeu contato direto do rival Náutico, do Brasil de Pelotas e do Oeste, mas recusou as propostas para ficar no Arruda. Além disso, ele enxerga a renovação de contrato como uma vitória pessoal.

‘’O Santa Cruz me acolheu. (A renovação) pelo respeito e amor que tenho pela torcida e pelo clube fez com que a gente pudesse renovar. Eu fico muito feliz pela renovação e isso mostra o projeto e quero poder retribuir isso dentro de campo. A nossa história está no começo. Quero viver esse momento por muito tempo. É um momento bom que estou vivendo. Quero retribuir no campo e por muito tempo vestir esse manto sagrado’’, concluiu Paulinho.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.