Sport tem projeto para obras na Ilha do Retiro e implantação de gramado sintético em campo auxiliar

O presidente Milton Bivar afirmou que a permanência na Série A viabilizaria as obras estruturais do terreno

SPORT
Sport tem projeto para obras na Ilha do Retiro e implantação de gramado sintético em campo auxiliar

Em caso de permanência da Série A, o Sport receberia a cota completa da Rede Globo, abrindo assim a possibilidade das obras na Ilha do Retiro. - Foto: SÉRGIO BERNARDO/JC IMAGEM

Pedro Alves | Twitter: @PedroAlvesn99

Com a proximidade das eleições nas bandas da Ilha do Retiro, a dúvida sobre os candidatos para o cargo de presidente do Sport só aumenta. E um dos principais questionamentos é: Milton Bivar vai sair como candidato a reeleição? A informação ainda não foi confirmada, mas em entrevista para Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o atual mandatário rubro-negro revelou projetos futuros para obras no terreno do estádio do clube.

O principal planejamento de obra é com o campo auxiliar, que fica ao lado do estádio da Ilha do Retiro. Segundo Milton Bivar, a ideia é trocar o atual gramado natural do campo por grama sintética, aumentando assim a estrutura do clube, prevendo uma preparação maior para enfrentar clubes como Palmeiras e Athletico Paranaense que possuem o mesmo tipo de terreno em seus estádios.

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

“No futuro, a gente pode pensar em uma melhoria do nosso estádio. Tem um projeto para pegar aquele campo auxiliar e transformar em grama sintética. No Brasil tem diversos estádios com gramados artificiais e é importante ter essa estrutura e ficaria mais fácil ter no campo auxiliar. Isso não é muito longe de fazer e se eu tenho a sorte de ficar na Série A e ter mais um tempinho, até o carnaval, pode ter certeza que eu cumpro essa promessa de grama sintética no campo auxiliar”, disse Milton que também projeta obras no interior da Ilha do Retiro.

“A gente permanecendo na Série A, vou trabalhar a questão de arrumação do nosso estádio, ampliando os camarotes, cadeiras e principalmente naquele trecho frontal”, completou.

Quem acompanha a realidade do Sport sabe que o clube está vivendo uma crise financeira sem precedentes, questionando assim a viabilidade dessas obras. De acordo com Milton, o que viabilizaria o projeto sair do papel seria a cota da TV Globo em 2021 vir em sua totalidade, em caso de permanência na Série A.

“Estamos sonhando com a permanência na Série A. Esse ano já vamos amortizar R$ 30 milhões (de dívidas) e se a gente continuar no próximo ano, meu Deus do céu, vamos poder amortizar um valor tão substancial quanto esse. Porque ano que vem a cota da Globo vem cheia. R$ 18 milhões é muita grana”, afirmou Milton.

Chapa na eleição

Sobre uma possível candidatura para reeleição, Milton voltou a fugir de uma confirmação, mesmo mudando seus discursos anteriores onde confirmava que não seria candidato a um novo biênio. Agora, o atual presidente do Sport deixou em aberto a possibilidade, mas afirmou que o seu grupo vai ter uma chapa para disputar a eleição do Leão da Praça da Bandeira.

“Ainda não tem nada decidido, só uma coisa posso garantir. Eu acho que nosso grupo, estamos recebendo várias cobranças e nós vamos formar uma chapa para disputar a eleição. O grupo que hoje é grande, não é pequeno, é um grupo que já consta vários nomes que faz parte da renovação tão sonhada pelos rubro-negros”, encerrou.

Podcast

No podcast Na Cara do Gol, que vai ao ar todas as segundas-feiras, às 15h15, no YouTube da Rádio Jornal, debateu sobre os problemas do Sport nas últimas rodadas, onde a equipe vem de quatro derrotas consecutivas, detalhando sobre os problemas táticos, técnicos e individuais. O que deve ser feito para voltar ao caminho das vitórias? Acompanhe o Na Cara do Gol.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.