FÓRUM ESPORTIVO

Presidente em exercício do Sport pretende divulgar edital da eleição à presidência do clube nesta semana


Carlos Frederico confirmou que não será candidato e não vai integrar nenhuma composição de chapa

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/01/2021 às 19:36
Divulgação/Sport
FOTO: Divulgação/Sport
Leitura:

O presidente em exercício do Sport, Carlos Frederico Melo, em entrevista ao programa Fórum Esportivo, da Rádio Jornal, confirmou que ao longo dessa semana deve divulgar o edital para as eleições à presidência do clube. Seguindo as orientações do Conselho Deliberativo, o atual mandatário rubro-negro reforçou que o pleito só vai ocorrer após o término da Série A do Brasileiro.

"Quanto às eleições, até o final da semana, vamos oficializar e publicar o edital marcando as datas de acordo com a orientação que recebemos do Conselho Deliberativo, para postergar a eleição após a Série A. Já estou me concentrando na condução e na criação do protocolo de segurança para a execução das eleições", declarou Carlos Frederico.

Com relação ao nome que vai encabeçar a chapa da situação, o presidente em exercício do Sport preferiu se esquivar. "Sei que o grupo está conversando bastante com lideranças, ex-presidentes, pessoas com experiências de outras gestões do clube, tudo em busca desse nome. Não tenho participado e, desde o começo, deixei claro para o presidente Milton Bivar que não seria o candidato e que seria um facilitador", esclareceu.

Sobre o nome de Pedro Lacerda como candidato, Carlos Frederico enxerga com bons olhos. "Ele é um nome excelente, ponderado e moderado nas colocações. É um jovem com olhar no futuro, mas, ao mesmo tempo, tem uma cabeça que sabe beber da fonte dos experientes e daqueles que construíram o clube. Perfil ideal para um presidente do clube. Só fico temeroso quando escuto alguns jovens desdenhar de todos aqueles mais experientes que construíram o clube. Vejo-os como messianismo, falsos profetas. Já Pedro não é assim, pois convivi com ele nesses dois anos de gestão e sempre foi ponderado", contou.

Ouça a entrevista de Carlos Frederico


Mais Lidas