Coronel Meira deixa chefia de segurança do Metrô do Recife

Conhecido como coronel linha dura, Meira assumiu o cargo em janeiro com a promessa de garantir segurança aos usuários

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2017 às 14:30
Leitura:

Imagem

Após seis meses à frente da segurança do Metrô do Recife (Metrorec), o coronel reformado Luiz Meira entregou o cargo. Em nota divulgada nesta sexta-feira (21), a Companhia Brasileira de Trens Urbanos do Recife (CBTU Recife) confirmou o pedido de demissão de Meira, que, segundo o órgão, teria alegado motivos pessoais.

Na nota, o superintendente da empresa, Leonardo Villar, lamentou a saída do coronel reformado, "que sempre agiu com competência e compromisso para garantir maior segurança aos usuários do sistema".

Conhecido como coronel ''linha dura'', o coronel reformado assumiu o cargo com a promessa de garantir segurança ao metrô e acabar com o comércio informal nos trens. "Nosso intuito não é ir para o enfrentamento, mas é claro que vão existir regras. Os ambulantes, por exemplo, não poderão vender dentro dos trens e não precisamos lembrar a ninguém como é nossa forma de trabalho, se alguém desrespeitar as normas vai se borracha”, declarou o coronel em entrevista realizada em janeiro desse ano, quando assumiu o cargo. A declaração gerou polêmica.

Mais Lidas