Preso suspeito de matar mulher em apartamento no Rosarinho

A prisão do empresário Wilson Campos foi confirmada pela Polícia Civil

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2017 às 13:12
Leitura:

Imagem

O empresário Wilson Campos de Almeida Neto, principal suspeito de matar a secretária Gisely Kelly Tavares dos Santos, 37 anos, foi preso nesta sexta-feira (21). A prisão foi confirmada pela Polícia Civil de Pernambuco, que deverá dar mais detalhes sobre o caso em coletiva de imprensa prevista para a tarde de hoje.

Gisely foi encontrada morta na última quarta (19), com um tiro na cabeça, no banheiro de um apartamento no bairro do Rosarinho, no Recife. A vítima trabalhava na empresa de Wilson, que estava foragido.

Defesa de empresário diz que tiro foi acidental

Nessa quinta (20), a advogada do empresário, Silvana Duarte, foi à delegacia para conversar com delegado Breno Maia, que está à frente das investigações. Em entrevista à Rádio Jornal, a advogada informou que estava negociando com a polícia a apresentação do cliente. Silvana não explicou porque o empresário saiu do apartamento logo após o crime e afirmou que o disparo efetuado pelo cliente na cabeça da vítima foi acidental e sob efeito de álcool.

Imagem

Mas a versão de tiro acidental apresentada pela defesa é considerada frágil pelo delegado. “Eu acho pouco provável pela cena do crime, pela lesão que a vítima apresentava no local do crime (...) Diante do que a gente viu, é pouco provável que o disparo tenha sido acidental”, justificou.

Mais Lidas