Justiça

Ex-Sport e Santa, Everton Heleno é condenado a mais de 7 anos de prisão


Everton Heleno foi reconhecido por vítimas e cumprirá a sentença em regime semiaberto

Julio Cirne
Julio Cirne
Publicado em 26/12/2018 às 20:07
Geraldo Bertanha/Mogi Mirim
FOTO: Geraldo Bertanha/Mogi Mirim
Leitura:

O meia pernambucano Everton Heleno, com passagens pelo Santa Cruz e pelo Sport, foi condenado a cumprir sete anos de prisão em regime semiaberto. A decisão é da 2ª Vara Criminal da Comarca de Camaragibe, assinada pela juíza Roberta Vasconcelos Franco Nogueira. O atleta foi preso no último dia 6 de agosto no bairro de São José, área central do Recife.

Na ocasião da prisão, Everton Heleno guiava um veículo apontado por vítimas como sendo o veículo usado na prática de assaltos em bairros do Grande Recife. As vítimas também reconheceram o jogador como sendo o autor dos crimes.

Condenação

Everton Heleno foi condenado pela prática dos crimes previstos nos artigos 157 (subtração mediante ameaça grave ou violência) e 71 (continuidade da prática criminosa) do Código Penal.

Carreira

O meia foi formado nas categorias de base do Sport entre 2008 e 2010 e teve passagens pelos pernambucanos Petrolina e Ypiranga, além de outras equipes do futebol nordestino antes de chegar ao Santa Cruz. Pelo tricolor, Everton Heleno colaborou com a campanha de acesso à série B, em 2013, com dois gol marcados em 13 jogos.

Depois de deixar o Santa Cruz, Everton Heleno vestiu a camisa do Mogi Mirim, ASA e CSA. No Azulão, ele se destacou e foi eleito o melhor jogador do Campeonato Alagoano na última temporada e foi contratado pelo Atlético-GO para disputar a série A.

A reportagem do Jornal do Commercio tentou entrar em contato com o agente do jogador, mas não obteve retorno.


Mais Lidas